BASTIDORES COLORADO

Gerente Esportivo do Inter: “Eu estou voltando para casa”, diz Magrão

O contrato de Magrão com o Inter vai até o fim da temporada.

Compartilhe:
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Inter apresentou o ex-jogador Magrão para o cargo de Gerente Esportivo do clube colorado.

Acompanhado do presidente Alessandro Barcellos e de Felipe Becker, vice-presidente de Futebol do Inter, Magrão foi apresentado na sala de imprensa do Beira-Rio. Ele havia recebido duas propostas, em outubro do ano passado e em janeiro deste ano. Porém, não aceitou porque trabalhava em um clube dos Estados Unidos.

Radiante por voltar ao Inter, Magrão deixou claro que está com a mesma ambição que lhe acompanhou durante os vitoriosos anos que viveu dentro de campo.

“Eu estou voltando para casa por conta da minha essência. Por isso que estou voltando. Porque eu quero sentir isso de novo. Queria estar naquele vestiário na Venezuela, todo mundo se abraçando. Isso é uma coisa que está dentro de mim: essa sede de vitórias, de ganhar. Essa gana de estar sempre em cima. Não é sempre que a gente consegue, mas eu vivo minha vida toda, desde quando eu saí da favela, perseguindo isso. A vitória. E é assim que eu vou tentar, do meu jeito e da minha forma, com a minha essência, cooperar e ajudar a equipe do Internacional.”

Função

Na figura de Gerente Esportivo, Magrão chega para para “melhorar o trabalho na relação direção-vestiário”, como definiu Alessandro Barcellos.

“A minha função é tentar ser o interlocutor entre o Mano, vestiário e diretoria. Seria um membro da diretoria em contato diário com o pessoal de campo. Além disso, trabalhei nos últimos dois anos com o pessoal da análise tática. Então, já fiz reunião com o pessoal do CAPA (Centro de Análise e Prospecção de Atletas). Quero transitar nestas áreas do clube para não só ajudar, mas também aprender. Meu cargo não fica só de interlocutor”, afirmou Magrão.

“O Magrão traz esse conhecimento, está extremamente atualizado em relação ao que a gente pensa, e convergimos muito nas conversas que tivemos no que são diagnósticos de coisas que temos que ainda fazer e de coisas que podem ser feitas de forma a melhorar a nossa performance e nos dar melhores resultados”, disse.

Como atleta, Magrão atuou em grandes clubes do Brasil e do exterior e chegou a vestir a camisa da Seleção Brasileira. Pelo Inter, foi bicampeão gaúcho, campeão da Copa Sul-Americana de 2008 e da Copa Suruga de 2009.

O contrato de Magrão com o Inter vai até o fim da temporada, quando também encerrará a gestão de Alessandro Barcellos, que ainda poderá ser reeleito.

 

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: