REAJUSTE

Conta de água da Corsan vai ficar mais cara

A Corsan atende 317 municípios do Rio Grande do Sul, mas cada região terá um reajuste diferente.

Compartilhe:

A partir de junho, a conta de água vai ficar mais cara para os clientes da Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento).

Os reajustes tarifários homologados, que variam entre 3,40% e 5,60%, foram validados pelas agências reguladoras e serão aplicados nas faturas emitidas a partir de julho.

A Corsan atende 317 municípios do Rio Grande do Sul, mas cada região terá um reajuste diferente. Confira abaixo a nota da Corsan:

A Corsan pleiteou junto à Agergs, maior agência e que abrange mais de 250 municípios, o reajuste de 3,4% — obtido a partir de metodologia que consiste na variação de uma cesta de índices inflacionários e está de acordo com a Nota Técnica Nº 6/2019 — DT da Agergs.

Em relação à Agesan e Agerst (Santa Cruz do Sul), o reajuste pleiteado foi de 5,60% — aplicando a variação do IPCA entre março de 2022 e fevereiro de 2023. A Ager (que regula a prestação em Erechim) ainda não finalizou o processo.

A Corsan aguarda a oficialização das decisões dos reguladores. Os reajustes serão aplicados a partir de 1º de julho de 2023, e todas as informações relacionadas à tarifa podem ser obtidas no site da Companhia.

 

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: