LITORAL PAULISTA

Governo Federal reconhece estado de calamidade pública em São Sebastião, SP

Temporais superaram 600 milímetros em menos de oito horas. Pelo menos 36 pessoas morreram

Compartilhe:

Portaria do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, publicada em edição extra do Diário Oficial da União desse domingo (19), reconhece estado de calamidade pública no município de São Sebastião, em São Paulo. A cidade do litoral paulista foi atingida por temporais que superaram 600 milímetros em menos de oito horas. Pelo menos 36 pessoas morreram.

As chuvas persistentes causaram bloqueio de estradas, queda de barreiras, inundações, deslizamentos, desabamentos e afetaram o abastecimento de água e energia. Uma criança morreu no município de Ubatuba, também no litoral de São Paulo.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visita hoje (20) a região atingida pelos temporais. A previsão era que ele chegasse a São José dos Campos por volta das 10h. De lá, Lula sobrevoa os arredores e desce em São Sebastião. Pelo Twitter, ele lamentou as mortes e manifestou solidariedade às famílias.

Segundo a Defesa Civil de São Paulo, três cidades do litoral norte de São Paulo registraram, nas últimas 24 horas, o volume de chuva esperado para todo o mês de fevereiro. Em São Sebastião, o volume nas últimas 24 horas foi o dobro da média esperada para o mês.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: