DE SAÍDA

Tite não é mais treinador da Seleção Brasileira

Em sua passagem pela Canarinho, Tite teve 80,2% de aproveitamento em 81 jogos

Compartilhe:

Conforme o já anunciado, Tite não é mais treinador da Seleção Brasileira. Adenor Bacchi assinou a rescisão de contrato com a CBF nesta terça-feira (17), na sede da Confederação, no Rio de Janeiro, após voltar de férias.

Em sua passagem pela Canarinho, Tite teve 80,2% de aproveitamento em 81 jogos. Foram 60 vitórias e apenas seis derrotas, infelizmente algumas delas decisivas, como as duas eliminações em Copas do Mundo e a derrota para a Argentina na Copa América de 2021, em pleno Maracanã.

O único título foi a Copa América de 2019. Além disso, Tite conseguiu liderar com tranquilidade e de forma invicta as duas eliminatórias de Copa do Mundo que participou.

Junto com Tite, deixam a Seleção sua comissão técnica, formada pelos auxiliares, Cleber Xavier, César Sampaio e Matheus Bachi, e os analistas de desempenho Thomaz Araujo e Bruno Baquete. Ainda existe uma indefinição quanto à continuidade do atual coordenador Juninho Paulista.

A expectativa de anúncio do novo treinador da Seleção e de um novo diretor é para fim de janeiro ou início de fevereiro. Se essa previsão se confirmar, o Brasil já terá treinador para seus primeiros compromissos do ano. Tratam-se de dois amistosos, ainda não definidos, para a data Fifa de março.


Compartilhe: