OPERAÇÃO LESA PÁTRIA

Preso homem que destruiu relógio de Dom João VI durante atos golpistas

O mecânico Antônio Cláudio Alves Ferreira, de 30 anos, estava em Uberlândia, no Triângulo Mineiro

Compartilhe:

A PF (Polícia Federal) prendeu no início da noite desta segunda-feira (23) o homem filmado ao destruir, durante os atos golpistas do dia 8 de janeiro, o relógio histórico trazido ao Brasil em 1808. O mecânico Antônio Cláudio Alves Ferreira, de 30 anos, estava em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

A prisão preventiva foi solicitada pela Polícia Federal e autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal). A medida faz parte da Operação Lesa Pátria.

O próximo passo será o interrogatório do detido na delegacia de Polícia Federal do município mineiro. Ele também passará por audiência de custódia virtual. Posteriormente, será encaminhado ao sistema prisional daquela cidade.

Segundo a PF, as investigações para identificação das pessoas que participaram, financiaram ou fomentaram os fatos ocorridos no dia 8 continuam em curso.


Compartilhe: