VALE DO RIO PARDO

Secretaria de Meio Ambiente investiga morte de peixes em Venâncio Aires

Segundo a Prefeitura de Venâncio Aires, a ação foi realizada na terça-feira no interior do município.

Compartilhe:
Os peixes mortos foram encontrados no Arroio Sampaio em Venâncio Aires. Foto: Divulgação/Prefeitura de Venâncio Aires

A Prefeitura de Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, informou que a Semma (Secretaria de Meio Ambiente) está investigando a morte de dezenas de peixes no Arroio Sampaio, no interior do município.

A ação foi realizada na terça-feira (3). “A suspeita é de que esterco suíno, oriundo de criação comercial, tenha causado a mortandade dos animais”, disse a prefeitura.

De acordo com a fiscal ambiental da Semma, Clarissa Sthal Gomes, a localidade faz divisa com Santa Clara do Sul sendo possível que a infração tenha sido cometida no município vizinho. Dessa forma, o setor de fiscalização da Prefeitura da Cidade das Flores também foi acionado.

“A contaminação de cursos d’água é um crime ambiental passível de responsabilização civil e penal, e por se tratar de curso hídrico que circunda dois municípios, a denúncia também foi encaminhada para a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam)”, ressaltou a prefeitura.

Segundo Clarissa, não é possível precisar a quantidade de peixes mortos. Isso porque a suspeita é de que o caso tenha acontecido há mais dias em razão do avançado estado de decomposição.

“Não podemos constatar quantos morreram pela contaminação, mas é possível que chegue na casa da centena”, ressaltou.

O secretário de Meio Ambiente, Nilson Lehmen, destacou a importância dos produtores rurais terem cuidado com o manuseio deste tipo de resíduo.

“Precisamos redobrar a atenção para que não ocorra casos como o de hoje. A Semma está sempre ativa e atuante para orientar os cidadãos sobre a melhor conduta no descarte dos resíduos. A secretaria está sempre aberta para a orientação educativa”, disse.


Compartilhe: