VALE DO TAQUARI

Homem é morto com golpe de canivete durante reunião de condomínio, em Lajeado

A Polícia Civil investiga o caso

Compartilhe:
Uma balestra, duas armar, um facão e outros objetos apreendidos pela polícia
Foto: Brigada Militar/Divulgação

 

Uma reunião de condomínio de Lajeado, no Vale do Taquari, acabou com a morte de um homem na noite desta terça-feira (24). O nome da vítima era Tadeu Pavoni, advogado de 46 anos. Ele era proprietário de um dos apartamentos e participava da reunião.

Segundo a Polícia Civil, Pavoni foi atingido por golpe de canivete no peito por um homem de 23 anos após tentar impedi-lo de continuar atirando flechas com uma balestra (ver foto) nos moradores a partir da janela de seu apartamento. Ninguém foi atingido pelas flechas.

A reunião acontecia na área externa do prédio, localizado na rua Bento Gonçalves, bairro Hidráulica. Ainda conforme a polícia, o suspeito, que não estava na reunião, desconfiou que as pessoas presentes no pátio falavam sobre ele.

Após atingir a vítima, ele tentou fugir, mas, ainda de posse do canivete manchado de sangue, acabou preso pela Brigada Militar quando tentava pular um muro. No interior de sua casa, foram apreendidos um simulacro de pistola, um facão, a balestra e 8 flechas.

Pavoni foi socorrido e conduzido ao Hospital Bruno Born, em Lajeado. Porém, veio a óbito durante a madrugada desta quarta-feira (25). Segundo a polícia, com ele foi encontrada uma pistola calibre .380 com 16 munições intactas.

A Polícia Civil investiga o caso. Serão colhidos depoimentos e analisadas câmeras de segurança.


Compartilhe: