Luz na Infância

Três são presos por armazenamento de pornografia infantil no RS

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão no Rio Grande do Sul durante a operação Luz na Infância.

Compartilhe:

Três indivíduos foram presos pela Polícia Civil em uma nova fase da Operação Luz na Infância, de combate crimes de abuso e exploração sexual infanto-juvenil na internet. A ação faz parte de mobilização nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em todo o país.

No Rio Grande do Sul, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Porto Alegre e em Panambi, na região Norte. Três indivíduos foram presos, em flagrante delito, por armazenarem pornografia infanto-juvenil.

Durante o cumprimento dos mandados, peritos do IGP (Instituto-Geral de Perícias) efetuaram a análise técnica preliminar dos equipamentos eletrônicos dos investigados. A partir de uma ordem judicial, os técnicos passaram um programa que é capaz de dectectar a presença de material pornográfico.

Isso viabilizou  a lavratura do flagrante delito de dois indivíduos na cidade de Porto Alegre e outro na cidade de Panambi. Na ocasião, houve a apreensão de HD externos, pendrives, celulares e outros eletrônicos.

A Operação Luz na Infância cumpriu 125 mandados de busca e apreensão e mobilizou cerca de 500 policiais em 18 estados do Brasil. Ela foi organizada pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), por meio do Laboratório de Operações Cibernéticas da SEOPI (Secretaria de Operações Integradas).

Operação Luz na Infância resultou em três prisões no RS. Foto: Polícia Civil / Divulgação

Compartilhe: