TRÂNSITO

Trecho duplicado da Avenida Tronco tem tráfego liberado em Porto Alegre

Obra tinha previsão de conclusão ainda para a Copa do Mundo de 2014

Compartilhe:

Foi liberado nesta quinta-feira (29) em Porto Alegre os trechos 3 e 4 das obras de duplicação da avenida Tronco, entre Icaraí e Postão da Cruzeiro. Com três quilômetros de extensão, a obra tinha previsão de conclusão ainda para a Copa do Mundo de 2014, mas acabou sendo paralisada.

A construção parou em um primeiro momento em outubro de 2016 por falta de recursos. Os serviços foram retomados em junho de 2018 e suspensos novamente em julho de 2019. Em fevereiro de 2020, a obra recomeçou.

“Esta é uma obra de grande importância para a mobilidade da cidade, mais uma obra da Copa que estamos encerrando. Também busca suprir uma demanda histórica daquela região, pois é um projeto que existe desde 1958 e que agora estamos entregando para aquela comunidade e para a cidade toda’’, ressalta o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, André Flores.

As obras contam com investimento de R$129 milhões. Foram realizadas qualificações na infraestrutura, transporte público e mobilidade urbana. Além da duplicação, o projeto prevê drenagem, implantação de corredores de ônibus, ciclovia, sinalização e nova iluminação pública.

Mobilidade

Segundo a prefeitura, a avenida passa a ser a melhor alternativa para acesso rápido à Zona Sul da Capital, avenida Cavalhada, shoppings e região central, com duas faixas para o trânsito e corredor de ônibus. No sentido bairro ao Centro, circulam cerca de 9 mil veículos por dia. No sentido Centro ao bairro, são mais de 13 mil.

Com a liberação, a Tronco passa a ser um eixo de ligação entre os bairros Cristal, Tristeza e toda a Zona Sul, com as vias que conectam a região com as zonas Norte, Nordeste, Leste e Centro da cidade.

Transporte Público

Passageiros embarcam no ônibus amarelo T3, no novo corredor de ônibus da Avenida Tronco, em Porto Alegre
Foto: Pedro Piegas/PMPA

Segundo a prefeitura, a qualificação da região oferece também mais segurança viária aos usuários do transporte coletivo. “Há um grande ganho para carros e o transporte coletivo, já que os ônibus deixam de compartilhar espaço com os veículos”, destaca o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

O espaço destinado ao transporte público vai contar ainda com dez paradas. Todas elas contam com rampas de acessibilidade.

Linhas que passarão pelo local

  • C80
  • 282
  • 282.1
  • 244
  • 244.1
  • T3

Compartilhe: