ESTIAGEM

Nível baixo do Guaíba afeta abastecimento de água em bairros de Porto Alegre

 Bairros da zona leste e do extremo sul de Porto Alegre registram falta de água desde início da tarde deste sábado (24). 

Compartilhe:

Bairros da zona leste e do extremo sul de Porto Alegre registram falta de água desde início da tarde deste sábado (24).

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre, o nível baixo do Guaíba afeta abastecimento de água em bairros da Capital.

“O  Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) está monitorando o nível do lago Guaíba, manancial de captação de água bruta”, disse a prefeitura.

De acordo com o site da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, está em quatro centímetros, muito abaixo da média para essa época do ano.

“A condição dos ventos também é um fator incomum para essa época, afetando diretamente no nível do manancial”, completou a prefeitura.

O Dmae  disse que se a condição não for favorável e o nível permanecer baixando terá problemas na captação da água bruta e tratamento, devido à turbidez elevada da água.

Isso vai afetar abastecimento de água dos bairros Aberta dos Morros, Belém Novo, Boa Vista do Sul, Campo Novo, Chapéu do Sol, Extrema, Hípica, Ipanema (parte), Lageado, Lami, Lomba do Pinheiro, Pitinga, Ponta Grossa, Restinga e São Caetano.

“Essa baixa de vazão se dá em razão do período de estiagem e também da direção dos ventos nestes últimos dias. Hoje, o vento está em direção ao sul, levando o curso do lago em direção à Lagoa dos Patos. Pode ser que ele vire durante a tarde, e domingo consigamos manter a vazão normal da Estação de Tratamento de Água (ETA) Belém Novo”, explica o diretor-geral do Dmae, Alexandre Garcia.

Caso haja problemas como falta de água, o Departamento está com equipes de plantão à disposição e caminhões-pipa. Para solicitar é necessário entrar em contato com o subprefeito da região, Leandro Annes (51) 98613-6424.


Compartilhe: