Confronto

Homem morre após confronto com a BM no Litoral Norte

Foram apreendidas armas, munições e um carro com placa clonada que foi usado em uma tentativa de homicídio ocorrida em Tramandaí, no Litoral Norte.

Compartilhe:
Banner com o logo da Brigada Militar é exibido em frente a veículo cinza apreendido em operação policial.
Foto: Brigada Militar / Divulgação

Um homem morreu, outro foi preso e armas foram apreendidas na tarde desta sexta-feira (23) após uma operação da Brigada Militar. O caso ocorreu entre os municípios de Xangri-lá e Osório, no Litoral Norte gaúcho. Policiais militares faziam uma ação de monitoramento em função de crimes em Tramandaí, outra cidade da região, quando ocorreu confronto.

Conforme a BM, dois homens que integram uma organização criminosa foram localizados por agentes do Serviço de Inteligência da corporação em uma residência. Eles eram monitorados após uma tentativa de homicídio ocorrida em Tramandaí, nesta semana. Uma guarnição do 2º BPAT (2º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas) foi acionada para interceptar os criminosos.

No entanto, quando os PMs se aproximaram, os indivíduos reagiram e abriram fogo contra os policiais militares, que revidaram. O confronto ocorreu entre a praia de Rainha do Mar, em Xangri-lá e a de Atlântida Sul, em Osório. Um dos indivíduos, um homem de 22 anos e com antecedentes por homicídio, morreu.

O segundo indivíduo, de 21 anos, foi preso. Ele já tem antecedentes criminais por porte ilegal de arma e outros delitos, que não foram informados pela Brigada Militar até o momento.

Foram apreendidas duas pistolas calibres 9mm, uma espingarda calibre .12 e um veículo Honda Fit cinza, que tinha placas clonadas. Segundo a BM, o carro havia sido utilizado em uma tentativa de homicídio em Tramandaí, nesta semana. O Fit estava no pátio de uma residência de onde os indivíduos atiraram contra os PMs.

A BM não divulga identidade dos envolvidos na ocorrência policial. Equipes da Polícia Civil e do IGP (Instituto-Geral de Perícias) estão onde ocorreu o tiroteio para a realização de levantamento de como ocorreu o confronto e identificação do indivíduo que morreu.

O que foi detido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, onde será autuado em flagrante delito. Ele prestará depoimento e deve ser encaminhado ao sistema prisional.


Compartilhe: