DICAS

Vai viajar de férias? Confira 5 cuidados com o seu veículo ao voltar da praia

Na ida e na volta do litoral, cuidados devem ser tomados visando a preservação do seu veículo.

Compartilhe:
Foto: Divulgação

Para muitas pessoas, o fim do ano é sinônimo de viagem, e a praia é um dos destinos mais conhecidos dos brasileiros nesse período de calor e comemorações.

Para quem viaja com o próprio veículo, é importante considerar os impactos que a região litorânea e todos os seus elementos, como sol e seus raios UVs, maresia e areia, trazem e saber o que pode ser feito para minimizá-las.

Marcelo Xavier, especialista em gestão de lavagem ecológica, higienização e estética automotiva,  explica que os cuidados começam antes mesmo da viagem para o litoral.

“O ideal seria fazer uma lavagem ecológica e aplicar um selante de vitrificação, o que ajudaria a evitar riscos ocasionados pela areia, além de impedir que as seivas de árvores danifiquem a pintura (já que é comum que os carros sejam estacionados embaixo de árvores)”, disse.

“Realizar uma lavagem técnica de motor e aplicar uma proteção, tanto no motor como no chassi, para impedir que a corrosão provocada pela maresia danifique fios, cabos de bateria, também é importante. Hidratar pneus também devem ser considerado”, completou o especialista.

Na volta do litoral, outros cuidados devem ser tomados visando a preservação do seu veículo. Confira as dicas.

Lave o veículo o quanto antes

Idealmente o automóvel deve ser lavado nos primeiros dias após o retorno e, no máximo, em duas semanas.

“A maresia provoca estragos a diversos componentes veiculares”, ressaltou Xavier. “Isso porque os sais do mar potencializam a corrosão em todo tipo de metal, diminuindo a vida útil dos equipamentos e até afetando sua funcionalidade, em alguns casos. Portanto, uma lavagem adequada é necessária rapidamente, para evitar que os efeitos se prolonguem”, disse.

Realize uma lavagem com produtos apropriados

“Não é qualquer produto que vai livrar o carro inteiramente dos resíduos do mar e da areia”, afirmou o especialista.

“E nem é aconselhável usar os mesmos produtos para diferentes partes do veículo. Os profissionais que realizam esse tipo de limpeza devem conhecer as particularidades de cada elemento”, completou.

A maresia, bem como a areia, estarão em todos os lugares possíveis, seja dentro, na lataria ou na parte de baixo do veículo. A areia, inclusive, pode riscar a lataria até mesmo durante o enxágue. Por isso, os cuidados de especialistas são altamente recomendados.

Higienize o motor

Sim, até mesmo o motor deve ser limpo atenciosamente. Isso é especialmente indicado em carros antigos, que estão mais suscetíveis à oxidação.

“É perigoso subestimar o alcance dos danos, principalmente nas áreas mais importantes para o funcionamento correto do automóvel. Assim como as pessoas que moram no litoral precisam lavar seus carros com maior frequência  (uma vez por semana é o ideal), os turistas devem averiguar o status geral ao voltar para casa”, ressaltou  Xavier.

Observe os efeitos do sol e considere polimento

Polir o carro não é sempre uma necessidade, mas pode ser uma solução adequada no caso de muito sol. Se não foi possível estacionar o carro sempre na sombra, é essencial verificar se a pintura foi comprometida, ou mesmo o acabamento interno, como o painel ou os bancos.

“O polimento tem como objetivo restaurar a pintura e eliminar pequenos riscos, o que também é positivo caso a areia tenha causado arranhões. Posteriormente, é possível manter o aspecto renovado por mais tempo com um enceramento”, indicou o especialista.

Faça um check-up

Para ter certeza que tudo está funcionando apropriadamente, um check-up é determinante. Principalmente nas seguintes áreas:

  • Sistema elétrico (note que fios e conectores podem ser oxidados pela maresia);
  • Filtros de ar e de cabine;
  • Freios e suspensão;
  • Radiador (em especial o nível e coloração da água);
  • Pneus e rodas (no caso de viagens longas);
  • Sistema de alimentação.

Compartilhe: