AR-CONDICIONADO

Confira cuidados técnicos e de saúde a serem tomados no uso do ar-condicionado em dias de calor

Na ânsia de aplacar as altas temperaturas, muitas pessoas acabam tomando medidas equivocadas de uso do aparelho

Compartilhe:

Chega essa época do ano, de muito calor, e a saída é recorrer ao ar-condicionado, para quem conta com o recurso. E para auxiliar quem tem esse equipamento, a ASBRAV (Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação), traz algumas dicas para manutenção do aparelho, mas também de cuidados com a saúde necessários a quem permanece em ambientes com ar refrigerado.

A Associação chama atenção para alguns pontos justamente porque, na ânsia de aplacar as altas temperaturas, muitas pessoas acabam tomando medidas equivocadas de uso do ar-condicionado. Talvez a mais recorrente seja de utilizar o equipamento na menor temperatura possível. Mas esta e outras atitudes são erros que podem desde não surtir efeito até danificar o aparelho.

Vamos as dicas. Sobre colocar o ar-condicionado em temperaturas muito baixas, o vice-presidente da ASBRAV, Mário Henrique Canale, destaca que o importante é deixar a temperatura confortável. “Não adianta, na sensação de calor, a pessoa colocar ali 16, 17 ou 18 graus. O importante é deixar em uma temperatura confortável. O equipamento vai chegar nessa temperatura (confortável) e desligar o compressor. Isso vai fazer com que amenize o gasto de energia”, acrescenta.

É comum ouvir também que, em muitos casos, o calor é tamanho que o aparelho de ar-condicionado não está “dando conta”. Quando isso acontece, na verdade, é porque o equipamento está sendo utilizado de forma equivocada.

Nesse caso, mais de um fator pode influenciar. É preciso considerar a potência ou se o tipo de ar-condicionado é o certo para um dado espaço.

Por fim, Canale chama ainda a atenção para os cuidados com o filtro. “Uma dica é que as pessoas fiquem atentas ao filtro. Isso impacta na qualidade do ar que respiramos, mas também no próprio rendimento do equipamento”, alerta.

Cuidados com a saúde

O destaque para a qualidade do ar enseja a abordagem das questões de saúde envolvendo o uso do ar-condicionado. Além do cuidado com o filtro, há outras medidas a serem tomadas para controle do ar no ambiente refrigerado.

A abertura de janelas e portas para fazer o ar circular é um cuidado fundamental. A medida faz com que o ar interior fique refrigerado e ao mesmo tempo livre de doenças.

É importante também encontrar formas de umidificar o ar e da própria pessoa se hidratar. Ainda mais porque a previsão do tempo no Rio Grande do Sul aponta uma umidade relativa do ar muito baixa. “O equipamento do ar condicionado ajuda a secar um pouco o ar. Então, esse lembrete também é válido”, finalizou Canale.


Compartilhe: