NATAL

Varejistas do RS projetam vendas no natal superiores à média nacional

Um dos fatores que pode ajudar é uma capacidade da população gaúcha de alcançar um tíquete médio superior ao que é registrado em outros estados

Compartilhe:

O comércio deve ser aquecido aqui no Estado no período do Natal. É o que estima Federação Varejista do Estado do Rio Grande do Sul. A entidade congrega as CDLs (Câmaras de Dirigentes Lojistas) do RS, e representa o Estado no movimento lojista nacional capitaneado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

Segundo o presidente da Federação, Ivonei Pioner, um dos fatores que pode ajudar é uma capacidade da população gaúcha de alcançar um tíquete médio superior ao que é registrado em outros estados. Esse fato pode colocar as vendas no Estado acima da média nacional.

A estimativa é de que 118 milhões de consumidores saiam às compras no Brasil. É o que aponta pesquisa realizada pela CNDL e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). De acordo com o levantamento, o Natal deste ano deve injetar R$ 66,6 bilhões na economia.

A pesquisa mostra ainda que na hora de presentear, os mais lembrados serão os filhos (62%), o cônjuge (45%) e a mãe (41%). Além disso, 59% dos consumidores pretendem comprar presentes para si mesmo no Natal, uma queda de 10 pontos percentuais em relação ao ano passado.

Além disso, em média, os consumidores pretendem comprar 4,2 presentes para algum familiar ou amigo no Natal e o ticket médio de cada presente será de R$ 132,00. A pesquisa ainda mostra que 40% daqueles que vão comprar presentes desejam gastar até R$ 100,00 por presente.


Compartilhe: