Manifestações

PRF usa bombas de efeito moral para liberar BR-116, em Novo Hamburgo; cai número de bloqueios no RS

Compartilhe:
Foto: PRF / Divulgação

O número de rodovias federais do Rio Grande do Sul com bloqueios por causa de manifestantes contrários aos resultados das urnas caiu pela metade entre a noite de ontem (31) e a manhã desta terça-feira (1º de novembro). Até as 22h30 de ontem, eram 40 pontos com restrição ao tráfego. Até as 9h da manhã, eram 16 pontos de bloqueio, mas as 10h o número teve um repique.

Em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) utilizou tropas do Batalhão de Choque para a liberação da pista. Bombas de efeito moral foram jogadas contra os manifestantes para que eles recuassem e, assim, agentes da corporação pudessem desobstruir a rodovia no quilômetro 240.

Outros pontos não necessitaram do uso da força para a retirada de manifestantes. Em alguns, pneus e madeiras foram queimados e máquinas retroescavadeiras foram utilizadas para a remoção dos detritos.

Ontem, uma decisão judicial garantiu a reintegração de posse das rodovias federais. A medida foi solicitada pela Superintendência Regional da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no RS, em razão dos bloqueios promovidos pelos eleitores do atual presidente e candidato derrotado no segundo turno das eleições, Jair Bolsonaro (PL). Eles alegam que o pleito de domingo foi “fraudado” e e, em alguns casos, pedem “intervenção militar”.

Outra decisão, proferida pelo ministro Alexandre de Moraes, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determinou a atuação de orgãos de segurança pública para a liberação das estradas bloqueadas por eleitores bolsonaristas. A decisão da noite desta segunda-feira (31) atende a um pedido da Confederação Nacional dos Transportes e do vice-procurador geral eleitoral.

Conforme a decisão judicial, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e as polícias militares estaduais devem realizar ações para a desobstrução de rodovias em todo o território nacional. “Que sejam imediatamente tomadas, pela Polícia Rodoviária Federal e pelas respectivas polícias militares estaduais – no âmbito de suas atribuições – , todas as medidas necessárias e suficientes, a critério das autoridades responsáveis do poder executivo federal e dos poderes executivos estaduais, para a imediata desobstrução de todas as vias públicas que, ilicitamente, estejam com seu trânsito interrompido”, escreveu Moraes.

Lista de bloqueios até as 9h05 da manhã

  1. BR 386 km 412 em Triunfo (Lajeado)– bloqueio parcial (pare e siga)
  2. BR 285, km 199, em Lagoa Vermelha – bloqueio parcial
  3. BR 386, km 6, em Iraí – bloqueio total
  4. BR 470, km 10, em Barracão – bloqueio total
  5. BR 153 km 53, Erechim – bloqueio
  6. BR 285 km 334, Carazinho (Trevo da Bandeira)
  7. BR 386 km 36 , em Frederico Westphalen, (posto da lagoa) –reiniciou manifestação, equipe em averiguação (informado às 08:22)
  8. BR 392 km 350, em Santa Maria – bloqueio parcial (pare e siga)
  9. BR 392 km 297 em São Sepé – bloqueio parcial
  10. BR 285, km 460, em Ijuí, acesso a Cruz Alta – bloqueio total
  11. BR 285 km 496, em Entre-Ijuís – bloqueio total
  12. BR 285 km 564, em São Luiz Gonzaga – bloqueio total no trevo de acesso secundário à cidade
  13. BR 158 km 158, em Panambi – bloqueio parcial
  14. BR 158 km 192, em Cruz Alta – bloqueio parcial
  15. BR 472 km 139, Três de Maio – bloqueio total
  16. BR 472 km 154, Santa Rosa – bloqueio total

Compartilhe: