Obituário

Morre cantora Gal Costa, aos 77 anos

Maria da Graça Costa Penna Burgos, surgiu na música nacional na década de 1960 e provocou uma revolução no setor com sua voz potente.

Compartilhe:
Foto: Divulgação / Twitter, Gal Costa

A cantora Gal Costa, 77 anos, uma das maiores vozes da música brasileira, faleceu nesta quarta-feira (9) em São Paulo, informou a assessoria de imprensa da artista. A causa da morte não foi informada ainda.

Gal era uma das atrações confirmadas do festival Primavera Sound, que ocorreu no último fim de semana na capital paulista, mas sua presença foi cancelada por conta de questões de saúde.

Segundo diversos veículos da mídia brasileira, a cantora havia passado por uma cirurgia para retirar um nódulo na fossa nasal direita em setembro. Por isso, estava afastada dos palcos desde então.

Mas, sua agenda oficial já tinha apresentações da turnê “As várias pontas de uma estrela” marcadas para os próximos meses.

Gal, que tinha como nome de nascimento Maria da Graça Costa Penna Burgos, surgiu na música nacional na década de 1960 e provocou uma revolução no setor com sua voz extremamente potente.

Quando tinha cerca de 20 anos, participou do álbum “Tropicália ou Panis et Circensis”, a primeira grande obra do movimento tropicalista daquelas décadas. Além disso, eram muito próxima de outras estrelas da MPB, como Gilberto Gil, Caetano Veloso e Maria Bethânia e, com os amigos, fez parte do grupo Doces Bárbaros.

Nessa sua última turnê, inclusive, Gal reapresentava grandes sucessos da música nacional da década de 1980. Os shows tinham começado em outubro do ano passado e até mesmo apresentações na Europa haviam sido agendadas.


Compartilhe: