"MEDICAMENTO" SEM AUTORIZAÇÃO

Homem é preso suspeito de vender produtos para cura do câncer sem autorização na Serra gaúcha

Segundo a Polícia Civil, a venda era realizada pela internet. Cada frasco custava R$ 250

Compartilhe:

Um homem de 25 anos foi preso em flagrante, nesta quinta-feira (3), por venda de produtos cuja finalidade seria o tratamento e combate ao câncer, além de outros propósitos, como parar de fumar. No entanto, ele não tinha autorização de órgãos de saúde.

O caso ocorreu no distrito de São Valentim, em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha. Além da prisão, a Polícia Civil apreendeu mais de 200 frascos dos produtos. O detido também estava de posse de uma arma de fogo de forma ilegal.

A investigação chegou ao caso quando apurava uma tentativa de homicídio. Segundo a Polícia Civil, a venda era realizada pela internet. Cada frasco custava R$ 250.

Agora, os produtos seguem para perícia para investigação. Os investigadores ainda não sabem do que esses produtos são compostos. A principal suspeita é que eles sejam feitos de produtos naturais.

Outro trabalho a ser realizado pela polícia é localizar as vítimas. A investigação pretende ouvir clientes do detido e apurar também se a venda era realizada para outros municípios e estados.

A Polícia Civil disponibiliza o telefone (54) 3452-2500 para quem veio a comprar o produto. A ideia é que essas pessoas possam colaborar com as investigações.


Compartilhe: