SEGURANÇA ALIMENTAR

Fiscalização apreende mais de 1,6 tonelada de alimentos impróprios para consumo em Rio Pardo

O Programa Segurança Alimentar RS fiscalizou seis estabelecimentos comerciais de Rio Pardo.

Compartilhe:
Imagem das carnes apreendidas. Foto: Divulgação/MPRS

O Ministério Público do Rio Grande do Sul comunicou que foi apreendida mais de 1,6 tonelada de alimentos impróprios para consumo em Rio Pardo, no Vale do Rio Pardo, nesta quinta-feira (10).

Segundo Ministério Público, a pedido da Promotoria de Justiça de Rio Pardo, o Programa Segurança Alimentar RS fiscalizou seis estabelecimentos comerciais do município.

Durante a ação foram apreendidos e inutilizados 1.675kg de alimentos impróprios para consumo. Todos os estabelecimentos foram autuados.

As principais irregularidades encontradas nos locais vistoriados foram produtos com a validade vencida, armazenados de forma inadequada, estragados e sem procedência.

“Entre eles café, carvão e uma grande quantidade de carne, grande parte em um único estabelecimento – um açougue – que teve quase a totalidade da carne à venda apreendida. Um dos estabelecimentos realizava, indevidamente, a comercialização de medicamentos”, disse o Ministério Público.

O Ministério Público divulgou a ação, mas não revelou os nomes dos estabelecimentos fiscalizado em Rio Pardo.


Compartilhe: