Missa Solene

Coro Sinfônico da Ospa realiza concerto na Catedral Metropolitana de Porto Alegre

Em Porto Alegre, cantores da Ospa interpretam a célebre ”Missa Solene”, homenagem de Gounod à padroeira dos músicos.

Compartilhe:
Foto: Vitória Proença/Divulgação

A famosa “Missa Solene”, uma das obras-primas da música sacra, será interpretada pelo Coro Sinfônico da Ospa em um cenário ideal: a Catedral Metropolitana Madre de Deus, no centro de Porto Alegre.

Três cantores líricos se juntam a aproximadamente 50 vozes do coro para a ocasião: Elisa Machado (soprano), Adolfo Amaral da Silva (tenor) e Ricardo Barpp (baixo). A regência é do maestro interino do coro, Diego S. Biasibetti. O evento está marcado para domingo (20), às 19h30, e tem entrada franca.

Um dos principais grupos corais do Rio Grande do Sul o Coro Sinfônico da Ospa é formado por cantores voluntários que se reúnem semanalmente para recriar grandes obras junto à Ospa (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre).

Há cerca de seis anos, o Coro realiza também uma série de apresentações sem a orquestra, nas quais encontra espaço para exibir seus talentos e ampliar o repertório. É o caso da apresentação na Catedral, que terá o acompanhamento de órgão, tocado por Eduardo Knob.

Missa Solene

A “Missa Solene em honra a Santa Cecília” é a primeira grande obra de Charles Gounod (1818–1893), compositor francês que ficaria famoso sobretudo pelo hino “Ave Maria”.

Foi composta em 1855, por encomenda da Associação dos artistas músicos de Paris, e estreou em 22 de novembro do mesmo ano. Com 45 minutos de duração, é dedicada à Santa Cecília, padroeira dos músicos.

 

 


Compartilhe: