Projeção de tráfego

CCR ViaSul projeta tráfego intenso na FreeWay durante feriadão da República

A projeção da empresa é que mais de 60 mil veículos por dia passem pela rodovia entre Porto Alegre e o Litoral entre esta sexta-feira (11) e a terça-feira (15). 

Compartilhe:

A CCR ViaSul, concessionária responsável pela manutenção e cobrança de pedágio na FreeWay, projeta que a rodovia terá fluxo intenso neste feriadão da República. A projeção da empresa é que mais de 60 mil veículos por dia passem pela rodovia entre Porto Alegre e o Litoral entre esta sexta-feira (11) e a terça-feira (15).

O fluxo previsto para esta sexta-feira (11) é de 70 mil veículos trafegando pela BR-290. Destes, 55 mil deverão seguir sentido litoral. Já no sábado (12), a projeção é de 58,5 mil veículos também sentido ao litoral, com fluxo mais intenso entre 9h e 12h e a partir das 14h.

Para o retorno, são previstos pouco mais de 26 mil veículos seguindo para Porto Alegre no domingo (13) e cerca de 15 mil na segunda (14). O pico de tráfego na Autoestrada Porto Alegre-Osório deve acontecer na terça (15), quando quase 80 mil motoristas deverão utilizar a rodovia para, com fluxo mais intenso a partir das 15h.

Uso do acostamento como 4ª faixa

Nos momentos de fluxo mais intenso a CCR pode liberar o uso do acostamento como faixa adicional, nos dois sentidos da rodovia, para auxiliar na fluidez do tráfego. A ação é realizada em conjunto com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Ao trafegar pelo acostamento, a velocidade máxima é de 70 km/h e não é permitido o trânsito de caminhões. Em caso de condições climáticas adversas, o acostamento não é liberado.

Quando, autorizada, é feita do km 1,5 (Osório) ao 75 (Gravataí). Os motoristas vão encontrar sinalização com painéis piscantes e placas indicativas às margens da rodovia, além de mensagens nos painéis eletrônicos, com orientações aos motoristas sobre como proceder.

A Concessionária salienta, porém, que trafegar pelo acostamento quando o mesmo não estiver liberado é infração gravíssima do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), gerando 7 pontos na CNH e multa de R$ 880,41.


Compartilhe: