LITERATURA POLICIAL

Casa de Cultura recebe terceira edição do Porto Alegre Noir Pocket

Evento de Porto Alegre é dedicado à literatura policial. A entra é franca.

Compartilhe:
Foto: Dani Berwanger/Divulgação

A Casa de Cultura Mário Quintana recebe, nesta sexta-feira (25), às 19h, a terceira edição do Porto Alegre Noir Pocket: “De Sherlock a Lupin – A Era Clássica do Crime por Vozes Brasileiras”.

O evento é um bate-papo com A.Z. Cordenonsi, Rafael Scavone e Simone Saueressig. Logo em seguida, o duo Strange Religion fará uma apresentação acústica.

Além de contribuir com a cena cultural da cidade, a versão pocket do Porto Alegre Noir busca ampliar o espectro temático do evento para outros públicos. Entre o final do século XIX e o início do século XX, surgiu aquela que é considerada como a primeira era de ouro da Literatura Policial.

Nomes como o detetive Sherlock Holmes, criado por Arthur Conan Doyle, e o cavalheiro ladrão Arsene Lupin, criação de Maurice Leblanc, tornaram-se uma presença indelével no imaginário popular.

Um século mais tarde, escritores brasileiros reinventaram personagens clássicos com um tempero todo especial. A terceira edição do evento pretende abordar essa curiosa vertente com os autores convidados.

Dedicado à literatura policial e ao cinema de inspiração noir, o Porto Alegre Noir tem por objetivo reverenciar um dos gêneros de literatura e cinema mais cultuados por fãs e admiradores de todas as idades.

Serviço

PORTO ALEGRE NOIR POCKET

Bate-papo e apresentação musical com entrada franca

Data: 25 de novembro, às 19h

Local: Quintana’s Bar (mezanino) da Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico, Porto Alegre – RS)


Compartilhe: