Reforço natalino

Brigada Militar antecipa lançamento da Operação Papai Noel

O objetivo da ação é manter ordem pública e coibir crimes contra a pessoa e ao patrimônio como furtos e roubos no fim de ano.

Compartilhe:
Lançamento da Operação Papai Noel, em Porto Alegre. Foto: Brigada MIlitar / Divulgação

O final de novembro e o mês de dezembro será de policiamento reforçado em todo o Rio Grande do Sul. A Brigada Militar lançou, nesta sexta-feira (25), a Operação Papai Noel, que tem como objetivo garantir a tranquilidade e segurança da população nas festas de fim de ano.

O lançamento da operação ocorre, normalmente, no início de dezembro. A operação visa dar maior segurança, evitando crimes diante da circulação do 13º salário e com as compras das festas natalinas.

Em Porto Alegre, o evento que lançou a operação aconteceu na Praça XV, no Centro Histórico, com a presença do comandante-geral da Brigada Militar, coronel Cláudio dos Santos Feoli. “A BM antecipa este ano a Operação Papai Noel para que tenhamos mais foco nas áreas comerciais diante da quantidade de pessoas que devem se dirigir para estes locais em razão das festas de fim de ano”, enfatizou.

“Queremos que a população tenha um final de ano tranquilo, portanto vamos cobrir estas áreas de grande circulação e aumentar a sensação de segurança da população através da visibilidade e frustrar a ação de possíveis criminosos”, explicou o comandante do CPC, coronel Luciano Moritz Bueno.

Estão mobilizados os 14 CRPO’s (Comandos Regionais de Policiamento Ostensivo), o CPM (Comando de Policiamento Metropolitano) e o CPC (Comando de Policiamento da Capital), além do apoio do BOPE (Batalhão de Operações Especiais), do CPChq (Comando de Polícia de Choque), do Policiamento Montado (Regimentos) e dos Pelotões Especiais de Motociclistas.

Reforço também na Serra

Na Serra, que recebe um acréscimo de turistas durante os eventos natalinos, o 1º BPAT (Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas) fará refoço no policiamento. Todos os municípios realizaram ações com o foco principal no policiamento ostensivo.

O objetivo é a manutenção da ordem pública a fim de coibir crimes contra a pessoa e ao patrimônio como furtos e roubos, principalmente nas áreas comerciais onde ocorre maior movimentação de pessoas nos horários de funcionamento do comércio, assim como nos grandes eventos que acontecem na região serrana.


Compartilhe: