PRF apreende 750 quilos de peixe impróprios para consumo no Vale do Rio Pardo

A Vigilância Sanitária considerou a carga de peixe imprópria para o consumo humano.

Compartilhe:

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam uma carga de peixe na BR-290, em Pantano Grande, no Vale do Rio Pardo, neste sábado (1).

Segundo a PRF, os policiais abordaram um Renault Master, com placas de Lajeado. Ao verificarem o compartimento de carga, eles encontraram uma grande quantidade de pescados sendo transportados de maneira inapropriada, sem refrigeração e com embalagens inadequadas.

Foram apreendidos 750 quilos de peixe. De acordo com a PRF, o motorista de 49 anos, natural de Lajeado, que já havia sido surpreendido pela polícia em 2020 na mesma situação, confessou ter buscado o produto em Capão do Leão para vendê-lo em Lajeado.

Ele foi preso por crime contra a saúde pública e conduzido com o veículo e os peixes à delegacia de Polícia Civil de Rio Pardo.

A mercadoria foi inspecionada pela Vigilância Sanitária, que a considerou imprópria para o consumo humano.

 


Compartilhe: