Preso em Santa Catarina homem acusado de matar pedreiro em Gravataí

Crime ocorreu no dia 6 de junho, dentro de um condomínio de luxo em construção localizado em Gravataí, na região metropolitana.

Compartilhe:

Foi preso em Santa Catarina o homem acusado de matar um pedreiro dentro de uma obra de um codomínio de luxo em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre. A vítima, Adair da Silva Garcia, 44 anos, foi atingida por ao menos três disparos de arma de fogo no fim da tarde de 6 de junho.

O autor do homicídio foi preso na terça-feira (11) na praia da Cigana, em Laguna. A prisão, no entanto, só foi divulgada nesta quinta-feira (13) pela Polícia Civil. O homem não teve a identidade divulgada pela polícia.

Inquérito policial conseguiu determinar que houve uma discussão entre Adair e o autor do crime. O homem deixou ao local e, logo em seguida, retornou portando uma arma. Ao menos três disparos foram realizados contra a vítima, que não teve tempo de ser socorrida para atendimento médico.

O autor dos disparos deixou o local em um motocicleta de cor preta. Buscas foram realizadas pela Brigada Militar, mas o indivíduo suspeito do crime não foi localizado no dia do crime. A Polícia Civil assumiu a investigação e passou a buscar por pistas do paradeiro do autor do homicídio, que fugiu do Estado.

Os passos do criminoso foram seguidos até o estado de Santa Catarina, onde ocorreu a operação para prendê-lo. O homem foi encaminhado ao sistema prisional catarinense, mas será transferido para o Rio Grande do Sul.

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Compartilhe: