"Operação A Firma"

Policial civil de SC é preso em operação contra tráfico de drogas em Santa Maria

Policial é suspeito de fornecer drogas e receber dinheiro arrecadado com a venda do tráfico ocorrida na cidade da região Central do Estado.

Compartilhe:
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Sete pessoas foram presas em uma operação das polícias civis do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina nesta quinta-feira (20). Entre os presos na “Operação A Firma” está o presidente do Sinpol/SC (Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina), Paulo Cesar Fernandes de Abreu. Ele é suspeito de fornecer drogas e receber dinheiro arrecadado com a venda do tráfico ocorrida na cidade de Santa Maria, na região Central do Estado.

Conforme a Polícia Civil do RS, a investigação teve início após uma denúncia sobre tráfico de drogas em um prédio que fica a 50 metros da delegacia de combate às drogas de Santa Maria. Os policiais civis investigaram e prenderam, em flagrante delito, um funcionário dos Correios que facilitaria o tráfico por meio de entregas dos entorpecentes. Na ocasião, foram obtidas imagens de cocaína dentro de embalagens de correspondências.

A partir daí, a investigação focou em descobrir quem mandava a droga para Santa Maria. Mais três pessoas que faziam parte do esquema foram descobertas, sendo que uma delas foi presa.

Os policiais conseguiram identificar o nome do policial civil de SC e passaram a investigá-lo após a identificação de comprovantes de depósitos bancários. O nome do favorecido era o do atual presidente do Sinpol-SC.

Com a coleta de novas provas, a polícia representou pela prisão preventiva de sete pessoas, entre elas o policial civil: homens com idades de 45, 41, 41, 41, 40, 32 e 30 anos. Seis prisões ocorreram em Santa Maria/RS, o único preso em SC é o policial civil. Documentos, dinheiro, telefones celulares e uma pistola foram apreendidos. Mandados foram cumpridos na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina, na SC-401.

Ao total foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, sendo 10 na cidade de Santa Maria e dois em Santa Catarina, sendo um em Florianópolis e outro em São José. Em Santa Maria os mandados de busca e apreensão, como também as prisões, ocorreram nos Bairros do Rosário, Parque Pinheiro Machado, Noal, Urlândia e Lorenzi.

O Sinpol/SC não se manifestou sobre a ocorrência até o momento. A defesa de Paulo Cesar Fernandes de Abreu não foi localizada.


Compartilhe: