Provas atrasadas

Policiais militares vão auxiliar na aplicação de provas práticas de CNH

As provas extras atenderão as regiões com maior demanda de vagas, começando por Caxias do Sul no início de novembro.

Compartilhe:

O DetranRS divulgou, nesta quinta-feira (27), que nomeou 36 policiais militares com formação de examinadores de trânsito. O objetivo é ampliar a oferta de provas praticas para a categoria B (carro), que ainda estão represadas por causa da pandemia de Covid-19, que afetou a aplicação de exames entre março de 2020 e 2021. Em algumas cidades, o tempo de espera é igual ou superior a 60 dias para realização da prova prática.

As provas extras atenderão as regiões com maior demanda de vagas, começando por Caxias do Sul no início de novembro. Pelotas e Passo Fundo também estão entre as regiões que serão atendidas pelas turmas extras.

Atualmente, o DetranRS registra mais de 110 mil Renachs (Registro Nacional de Condutores Habilitados) que podem fazer a prova prática. Destes 110 mil, pelo menos 50 mil candidatos não tiveram nenhuma movimentação no processo nos últimos meses.  Eles já passaram pelas aulas teóricas, simulador, aulas práticas, mas não realizaram a prova. Muitos desses condutores estão realizando mais aulas até a data marcada para a prova, ou desistiram.

Essa demanda atípica é resultado da suspensão dos prazos pra conclusão do processo de habilitação devido à pandemia. O prazo esteve suspenso desde outubro de 2020, totalizando mais de 36 meses de vigência de inscrições, diferente dos usuais 12 meses.

Também houve aumento de demanda. O número de serviços de primeira habilitação, que foi de 20 mil em 2019, passou para 32 mil em 2020 e quase 38 mil em 2021, aumentando muito a demandas por provas.

Formação dos brigadianos

Conforme o Governo do Estado, os brigadianos atuarão em turno inverso ao de trabalho, sem prejudicar o patrulhamento. Cada policial pode aplicar até 25 exames por turno, totalizando uma capacidade máxima de 900 provas dia. Os militares já têm experiência como examinadores de trânsito, pois atuam no Centro de Formação de Condutores da Brigada.

Ainda segundo o Piratini, outros seis brigadianos formados na função poderão ser nomeados no futuro para compor as bancas extras. Eles não foram nomeados agora, pois necessitam de um curso de atualização. Os BMs comporão Comissões Examinadoras de Trânsito que poderão ser volantes e/ou regionalizadas, para atender as especificidades de cada município ou região.

Nos dias 20 e 21, os nomeados passaram por um treinamento do sistema eletrônico utilizado pelos examinadores do DetranRS (tablet, leitor biométrico e câmeras de vídeo), em Porto Alegre. Segunda (24), direção do DetranRS, Sindet (Sindicato dos Servidores) e Sindicato dos CFCs reuniram-se com os Centros de Caxias para conhecer com mais precisão a demanda por vagas e otimizar os recursos humanos.

“A partir dessa reunião, definiu-se o modelo de Banca de Exames, que atenderá em um mesmo local, candidatos a categoria B de vários CFCs de Caxias do Sul, concentrando os atendimentos e reduzindo deslocamentos dos examinadores. A partir das necessidades de cada Centro, foi estabelecida uma faixa de horário e um determinado número de vagas. As primeiras provas aplicadas por examinadores da BM ocorrem nos dias 03 e 04 de novembro na cidade”, enfatiza o diretor técnico do DetranRS, Fábio Santos.


Compartilhe: