POLÍCIA

Polícia Civil indicia cinco pessoas por participação em ataque a tiros na zona sul de Porto Alegre

Três pessoas morreram e 27 ficaram feridas no ataque a um bar no início de setembro

Compartilhe:

Cinco pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil por participação em um ataque a tiros no bairro Campo Novo, em Porto Alegre. O caso ocorreu no início de setembro. Três pessoas morreram e 27 ficaram feridas no ataque a um bar.

Entre os indiciados estão duas pessoas consideradas mandantes do crime. Elas teriam ordenado o ataque de dentro Pasc (Penitenciária Estadual de Alta Segurança de Charqueadas). Além deles, estão entre os indiciados três atiradores já presos.

Dois deles detidos no dia 7 de outubro e o outro no dia 13. Os cinco foram responsabilizados por três homicídios qualificados, 27 tentativas de homicídio e formação de quadrilha. Há ainda pelo menos outras duas pessoas suspeitas de envolvimento no crime.

A investigação acredita que a motivação do crime esteja relacionada com um conflito entre duas organizações criminosas rivais ligadas ao tráfico de drogas. Um dos grupos com atuação no Vale dos Sinos e outro na Vila Cruzeiro.

O ataque a tiros ocorreu por volta das 22h30 da noite do domingo, 4 de setembro. Criminosos armados chegaram ao local em ao menos dois veículos e trocaram tiros três vezes com quem estava no bar. Havia cerca de 80 pessoas no estabelecimento no momento do ataque.

Prisciele Leticia Castilhos Farias, 29 anos, e Dabson Jordan Simões de Moura, 23 anos, morreram durante atendimento médico. Uma adolescente de 17 anos, identificada como Manoela Yres Campos, que chegou a ser hospitalizada, veio a óbito dias depois.


Compartilhe: