Homem morre após confronto com PMs em Tavares

Um casal, que teria relação com o homem que morreu, foi preso pela Brigada Militar com um carro clonado e por posse de drogas.

Compartilhe:

Um homem morreu após ser baleado em um confronto com policiais militares no município de Tavares, na região do Litoral Médio. O caso ocorreu na manhã de domingo (9), quando os brigadianos tentaram abordar o indivíduo, mas houve fuga, perseguição e troca de tiros.

Conforme a Brigada Militar, os PMs estavam em um posto de combustíveis da cidade quando um indivíduo passou pelo local em um carro em atitude suspeita. Os policiais buscaram abordar o veículo, um Volkswagen Gol preto, mas não conseguiram.

O homem fugiu com o carro e foi perseguido até uma área rural, onde houve uma troca de tiros. O indivíduo fez tiros na direção dos policiais, que revidaram. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo, sendo um deles no tórax, um no rosto e outro no abdômen.

Segundo a BM, o indivíduo foi socorrido para atendimento médico e encaminhado para o Hospital de Mostardas. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu durante atendimento. O homem foi identificado Maciel Lemos Pascoal, 25 anos. Ele tinha antecedentes criminais por porte ilegal de arma, furto, roubo de veículo e tráfico de drogas.

Dois presos com carro clonado

Logo após a ocorrência, um homem e uma mulher foram presos por estarem em um carro clonado. O veículo, um Hyundai HB20 havia sido roubado em 30 de setembro em Porto Alegre. Após revista no veículo, foram encontrados dois pinos de cocaína, parcialmente consumidos.

Eles teriam relação com Maciel e foram até o Hospital de Mostardas. O homem de 27 tinha antecedentes criminais. A mulher, de 22, não tinha registros até então.


Compartilhe: