Escolas de Portão aderem a projeto de incentivo à reciclagem

O programa de reciclagem já conta com 44 escolas do Rio Grande do Sul destinando os resíduos.

Compartilhe:
Foto: Divulgação

 

A Plastiweber, empresa de soluções sustentáveis em plástico sediada em Feliz, anunciou a expansão do projeto Escola Sustentável para o município de Portão, integrando a Escola Municipal Edmundo Kern e a Escola Municipal Rosalino Rodrigues Coelho na iniciativa.

De acordo com a empresa, o objetivo é incentivar a educação ambiental e a coleta de plástico e outros materiais nas redes de ensino da região, oferecendo bonificações pelo volume entregue para reciclagem.

Desde o início do ano, 12 mil quilos de plástico já foram beneficiados através do programa, que já conta com 44 escolas do Rio Grande do Sul destinando os resíduos.

Os alunos das duas escolas de Portão entregarem materiais recicláveis como PETs, papelão, alumínio e plástico flexível,  nesta categoria, por exemplo, estão incluídas sacolinhas plásticas de supermercado, fardos de bebidas e alimentos, e embalagens de alimentos secos.

Anualmente, as instituições recebem, por cada quilograma de plástico pós-consumo entregue à Plastiweber, um retorno econômico, para a promoção de melhorias nas escolas e a compra dos materiais necessários.

Todos os colégios parceiros obtêm um certificado de participação. “Agora, o Escola Sustentável passa a integrar os estudantes de Portão em uma importante iniciativa de reciclagem, abrangendo a conscientização sobre o descarte correto dos resíduos e a percepção do plástico como um ativo econômico com potencial de transformação. Com o auxílio das escolas, estamos possibilitando o fechamento de uma cadeia circular de suprimentos, para que o fim seja, na verdade, um novo começo. Quanto mais instituições do Rio Grande do Sul aderirem ao projeto, mais benefícios socioeconômicos e ambientais estaremos promovendo – destaca o diretor administrativo da Plastiweber, Moisés Weber.

O Escola Sustentável existe desde 2009, promovendo a conscientização sobre sustentabilidade entre os estudantes.

Em 2016, o projeto passou a incentivar a destinação dos materiais para processamento e beneficiamento na Plastiweber e, desde então, mais de 48 mil quilos de plástico foram reintegrados à cadeia produtiva e mais de 30 mil alunos foram alcançados.

Os representantes das escolas que queiram participar do projeto podem se inscrever pelo site www.plastiweber.com.br/provider ou enviando um e-mail para karina.gervasoni@plastiweber.com.br.


Compartilhe: