e-Título deve ser baixado e configurado até este sábado

Eleitor deve configurar aplicativo com antecedência para evitar lentidão. Novas emissões do e-Título não ocorrerão no domingo.

Compartilhe:

O prazo para emissão do e-Título termina neste sábado (1º), véspera das eleições. No dia 2 de outubro, quando ocorre o primeiro turno das eleições, a emissão do e-Título estará suspensa, voltando a ser liberada a partir do dia 3. Para um eventual segundo turno, a regra é a mesma: só será possível tirar a via digital do título até a véspera, ou seja, 29 de outubro.

Conforme o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o eleitor deve baixar ou atualizar e configurar o aplicativo antes. O objetivo aqui é evitar que uma grande quantidade de acessos simultâneos sobrecarregue o sistema, fazendo com que o aplicativo não funcione direito.

O e-Título pode ser usado no dia do pleito para diversas finalidades. Ele permite consultar o local de votação (zona e seção eleitoral), e justificar a ausência à eleição, entre outras.

A utilização da via digital do título de eleitor como documento de identificação na data do pleito está prevista na legislação das Eleições deste ano. O app substitui o documento em papel e pode ser utilizado como de identificação, desde que atualizado e com foto. Quem não tem foto no e-Título precisa levar documento com foto até a seção eleitoral.


Compartilhe: