ECONOMIA

Conta de luz: Aneel mantém bandeira tarifária verde para novembro

Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz pelo sétimo mês seguido.

Compartilhe:

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) comunicou que vai manter a bandeira verde em novembro na tarifa da conta de luz.

Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de energia elétrica pelo sétimo mês seguido. A conta de luz está sem essas taxas desde o fim da bandeira de escassez hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril deste ano.

Segundo a Aneel, a bandeira verde foi escolhida devido às condições favoráveis de geração de energia.

“Apesar da elevação dos adicionais, os modelos da Agência indicavam elevada probabilidade de bandeira verde até o fim do ano”, disse o diretor-geral da Aneel, Sandoval Feitosa.

Bandeiras 

Quando há instituição da bandeira verde significa que a conta não terá nenhum acréscimo na conta de luz. Já nas bandeiras vermelha ou amarela, a alta nas contas varia de R$ 2,989, para a amarela, a R$ 9,795, na vermelha patamar 2, isso a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Quando a bandeira de escassez hídrica esteve em vigor, o consumidor pagava R$ 14,20 a mais a cada 100 kWh.


Compartilhe: