Terremoto de magnitude 7,7 atinge o México

México registrou o terceiro grande terremoto em um dia 19 de setembro. Em 1985, milhares morreram quando a terra tremeu na Cidade do México. Situação se repetiu em 2017.

Compartilhe:

Um terremoto de magnitude 7,7 na escala Richter foi registrado nesta segunda-feira (19) na costa oeste do México, alertando para o risco de tsunami perto de Michoacán, informou o CSN (Centro Sismológico Nacional). O tremor ocorreu às 13h05, no horário local (15h05 no horário de Brasília) a uma profundidade de 10 km e o epicentro foi localizado a 42 quilômetros de La Placita de Morelos, no estado de Michoacán.

O movimento telúrico ocorreu cerca de uma hora depois do Simulacro Nacional do México para abalos sísmicos. Muitos moradores da Cidade do México acreditaram, em um primeiro momento, se tratar de um erro do sistema que avisa com antecedência de alguns segundos quando a terra vai tremer.

Na Cidade do México, localizada a 440km do epicentro, há relatos de que diversos prédios tremeram e moradores saíram às ruas. O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, informou em sua conta no Twitter que uma pessoa morreu devido à queda do muro de um shopping center na cidade de Manzanillo, em Colima.

A líder do governo da Cidade do México, Claudia Sheinbaum, disse em sua conta no Twitter que até agora nenhum dano foi relatado na capital do país e informou que cinco aviões sobrevoam as ruas da cidade. Por sua vez, o secretário de Segurança da Cidade do México, Omar García Harfuch, disse que até agora não houve “danos relevantes”.

Terremotos no 19 de setembro

Em 19 de setembro de 1985, um violento terremoto de magnitude 8,1 atingiu em cheio a Cidade do México, causando milhares de mortes. O número é incerto, mas é estimado entre 5 a 45 mil vítimas fatais. Centenas de prédios desabaram completamente por causa do tremor de terra.

Trinta e dois anos depois, em 19 de setembro de 2017, houve o chamado sismo de Puebla, com magnitude de 7,1, que causou a morte de pelo menos 370 pessoas.


Compartilhe: