Temporal causa destelhamentos, danos em residências e queda de árvores no RS

Em Sarandi, o vento forte arrancou o telhado do salão de atos de uma Escola Técnica.

Compartilhe:

A previsão do tempo, que indicava a possibilidade de temporais no Estado entre quinta-feira e sexta, se cumpriu. Algumas cidades gaúchas registraram transtornos durante a passagem de uma frente fria pelo Estado. A chuva com vento foi mais forte durante a madrugada desta sexta-feira (2).

Ao menos três cidades da região Noroeste do Estado tiveram registro de danos por causa do temporal. Em Ijuí, duas árvores que ficavam à beira de estradas caíram. Um caso ocorreu na ERS-155 e o outro na ERS-342. Elas foram retiradas do local após trabalho do Corpo de Bombeiros e Prefeitura.

Em Frederico Westphalen, houve destelhamento de, ao menos, duas residências por causa do vento forte. Em Sarandi, o vento forte arrancou o telhado do salão de atos da Escola Técnica Agrícola Júlio Mailhos, conhecida como Patronato. Segundo a direção, materiais utilizados nas aulas de teatro e música, além de cadeiras e roupas, foram danificados. A unidade escolar está sem aulas nesta sexta-feira.

Crédito: Rádio Sarandi, Rede Scalabriniana de Comunicação

Previsão do tempo

Uma frente fria ainda deixa o tempo instável em todo o  Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. Ainda existe o risco de temporais isolados, acompanhados por raios e rajadas de vento em todo o Estado.

Em Torres, no Litoral Norte, pode chover a qualquer hora do dia e há risco de vento forte nesta sexta, com máxima de 18°C.

Quanto às temperaturas, após uma manhã de frio, ao longo da tarde a temperatura fica amena. Em Porto Alegre e Alvorada, a máxima será de 18°C. Mas no começo da noite, conforme a frente fria se afasta, o frio ganha bastante força no Estado.

O sol volta a aparecer primeiro na Fronteira Oeste ao longo do dia e mais próximo à noite nas demais regiões. O sábado será tempo firme e de temperaturas baixas no Estado.


Compartilhe: