Polícia apreende mais de 75 quilos de skunk, em Lajeado

O skunk tem maior potencial alucinógeno que a maconha comum, e alto valor comercial no mercado do tráfico. 

Compartilhe:
skunk droga supermaconha
Foto: Divulgação/PRF

 

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam 75,6 kg de skunk na BR-386 em Lajeado, no Vale do Taquari, nesta quarta-feira (7).

A droga produzida em laboratório a partir de cruzamentos de vários tipos de maconha é conhecida como “supermaconha”. O skunk tem maior potencial alucinógeno que a maconha comum, e alto valor comercial no mercado do tráfico.

A PRF afirma que essa é a maior apreensão desse tipo de entorpecente feita pela corporação no Rio Grande do Sul.

Segundo a PRF, os policiais realizavam operação de enfrentamento à criminalidade, quando abordaram um Sandero com placas de Rio Grande. O interior do veículo estava abarrotado de pacotes de skunk.

Além do skunk, os policiais também encontraram com o motorista uma pequena porção de cocaína para consumo.

O traficante, de 27 anos e morador de Porto Alegre, informou que pegou a droga no Paraguai e que até o momento não havia sido informado sobre o local exato onde deveria entregá-la.

O homem, que já tem condenação pelo mesmo crime e estava em liberdade condicional, foi encaminhado à área judiciária de Santa Cruz do Sul, mesmo destino dos entorpecentes.

Confira o vídeo divulgado pela PRF, com as imagens da operação.

 


Compartilhe: