Ouça no Meio-Dia: a falta d’água devido aos serviços do Dmae na Capital e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta terça-feira, 13 de setembro de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

Um advogado de Canoas foi condenado a 51 anos e 4 meses de prisão em regime fechado. Ele era réu em uma ação que investigava o estupro de três meninas, vizinhas dele em um condomínio do município da região metropolitana. O réu está preso desde novembro do ano passado. Ainda cabe recurso da decisão. Conforme a denúncia, recebida em dezembro de 2021, uma das crianças teria sido abusada sexualmente, mais de uma vez, entre 2017 e 2021, a outra entre 2019 e 2021 e a terceira entre 2020 e 2021. A prisão preventiva do réu foi decretada em novembro do ano passado e desde essa data ele permanece preso. Foram ouvidas 33 pessoas, entre testemunhas e informantes. Na decisão, a magistrada concluiu que o réu trata-se de “pessoa com personalidade dissimulada e perversa”. Segundo as provas colhidas e apresentadas nos autos, o homem usava o próprio filho para convencer meninas a irem até o apartamento dele, onde eram cometidos os abusos. Conforme consta na sentença, em um dos casos houve emprego de grave ameaça com promessas de mal à vítima e aos pais dela, o que garantiu o silêncio dela durante anos e viabilizou a reiteração dos atos criminosos.

Chegou a 134 o número de casos de varíola dos macacos registrados no Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde. Outros 354 casos suspeitos da monkeypox ainda estão sob investigação. O número é quatro a menos do que o identificado na última divulgação do Centro. Isso significa que, apesar de novas confirmações, não houve avanço significativo de novas suspeitas. Os casos estão distribuídos em 29 municípios gaúchos. Porto Alegre é a cidade com maior número de casos, com 61 registros da doença, mesmo número divulgado anteriormente. A Secretaria Estadual da Saúde já havia confirmado a transmissão comunitária da doença no dia 18 de agosto. Em Porto Alegre, a transmissão comunitária foi estabelecida no dia 12 de agosto. Essa situação se configura quando não é possível identificar a origem da infecção.

O desligamento de uma estação de tratamento de água deixa mais de 40 bairros de Porto Alegre sem água nesta terça-feira. A interrupção do fornecimento estava prevista para às 8h e afetaria bairros da área Central e das zonas sul e leste de Porto Alegre. Conforme o DMAE, o desligamento ocorre na Estação de Tratamento Menino Deus, localizada na rua Barão do Guaíba, 781. O serviço deve ser concluído durante a tarde, mas a previsão é que o abastecimento seja normalizado até a madrugada de quarta-feira. Para aproveitar a interrupção no sistema Menino Deus, o DMAE faz outras interrupções em bairros da zona Sul de Porto Alegre. Uma atinge o bairro Cascata que tem o abastecimento interrompido desde às 9h, com previsão de retorno da água para a madrugada de quarta-feira. A outra intervenção é realizada no reservatório Catumbi, desde às 7h. Dezesseis bairros são afetados, com previsão de retorno da água durante a noite.

A Prefeitura de Porto Alegre ampliou o público apto a receber segunda dose de reforço, também chamada de quarta dose, da vacina contra a Covid-19. A partir desta terça-feira, a quarta dose estará disponível para pessoas com 30 anos ou mais vacinadas com a terceira dose há mais de quatro meses. A imunização para esta população, assim como para o público a partir de 12 anos, ocorre em 35 locais: nos shoppings João Pessoa e Lindóia Shopping, até as 16h, e em 33 unidades de saúde. Nove delas com atendimento até as 21h: Álvaro Difini, Belém Novo, Campo da Tuca, José Mauro Ceratti Lopes, Morro Santana, Navegantes, Ramos, São Carlos e Tristeza. Haverá aplicação de primeira, segunda, terceira e quarta doses em todos os locais. Neste público, poderão ser utilizadas as doses da Pfizer, Janssen ou Astrazeneca, independente da dose aplicada anteriormente. A prefeitura destaca que a abertura para esta faixa etária foi possível pela baixa procura pela imunização nos serviços e também pela chegada de novas remessas para a Capital.

O tempo firme predomina no Rio Grande do Sul nesta terça-feira. O dia começou frio no Estado, mas, depois, a temperatura fica amena. Segundo a previsão, o sol vai aparecer entre nuvens no território gaúcho. Em Porto Alegre e Canoas, há muitas nuvens ao longo desta terça, com máxima de 20°C. Mesma situação de Santa Maria, onde a máxima será de 21°C. Além disso, ao longo do dia, uma área de instabilidade provoca o aumento da nebulosidade em alguns pontos do Estado. Existe a possibilidade de pancadas de chuva nas Regiões Sul e Norte do Rio Grande do Sul.


Compartilhe: