Ouça no Meio-Dia: a operação contra grupo que atacou provedor de internet e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta terça-feira, 6 de setembro de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

Um homem de 24 anos foi preso na manhã desta terça-feira em uma operação da Polícia Civil cujo objetivo era desarticular um esquema que atacou um provedor de internet em Uruguaiana, na Fronteira Oeste. A ação de hoje foi deflagrada em Pelotas e Rio Grande, no Sul do Estado. A investigação identificou que um grupo de pelo menos três pessoas exigia valores em dinheiro em troca de não mais sobrecarregar o sistema de uma empresa. Só neste caso, a Polícia estima um prejuízo de R$ 1 milhão a mais de 500 mil usuários. A polícia investiga agora se este mesmo grupo é responsável por outros 10 ataques a provedores de internet no Rio Grande do Sul, com repercussão, inclusive, em outros Estados. A ação foi chamada de “Operação Bug Data”. Ela apura crimes de extorsão, invasão de dispositivo informático e interrupção ou perturbação de serviço informático e telemático. Está prevista ainda uma terceira etapa de investigações. Ela irá apurar crimes de lavagem de dinheiro. Isso porque o grupo investia em criptoativos. Além do mandado de prisão, foram cumpridos outros seis de busca e apreensão. Os outros dois investigados foram alvo de busca apenas. Nenhum dos três investigados teve o nome divulgado.

Um homem de 57 anos morreu após tentar defender o filho, de 32 anos, de um ataque a tiros em Porto Alegre. O caso ocorreu nesta segunda-feira na Rua Silvestre Félix Rodrigues, no bairro Costa e Silva, zona norte da Capital. O local fica próximo à rótula do Porto Seco. Segundo a Brigada Militar, dois homens invadiram a residência onde o pai e o filho estavam. O alvo deles era o filho. Mas quem foi atingido pelos disparos, no tórax e na cabeça, foi o pai, que correu para defendê-lo. Os criminosos efetuaram pelo menos sete disparos e depois fugiram. O filho sobreviveu com ferimentos e foi levado para receber atendimento médico em um hospital. Ele tem antecedentes por tráfico de drogas, homicídio, porte ilegal de arma e sequestro. A Polícia Civil investiga o caso.

Uma criança de 3 anos morreu após cair do quarto andar do shopping Erico Veríssimo na tarde desta segunda-feira em Cruz Alta, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino caiu de um mezanino, em uma altura de aproximadamente 12 metros, até um teto de acrílico, localizado sobre o subsolo do shopping. A criança estava acompanhada do pai no momento do acidente. Ela chegou a ser levada ao Hospital São Vicente de Paulo, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia já recebeu as imagens das câmeras do shopping para investigar o caso.

Um acidente envolvendo dois caminhões causa o bloqueio da BR-386, em Montenegro, no Vale do Caí, na manhã desta terça-feira. O acidente ocorreu no quilômetro 418 da rodovia, por volta das 7h da manhã. Um dos veículos estava carregado com combustível, provavelmente óleo diesel, e tombou após a colisão. De acordo com a CCR ViaSul, houve derramamento de combustível. Equipes da concessionária, da PRF, do Corpo de Bombeiros e da Fepam estão no local. Ainda não há previsão de quando a rodovia será liberada. Nenhum dos dois motoristas ficou ferido.

A previsão aponta tempo instável na maior parte do Rio Grande do Sul nesta terça-feira. O dia já começou com aumento de nebulosidade no Estado. A área de instabilidade provoca chuva na Região Central, na Região Metropolitana, na Região Sul, na Serra, no Litoral, na Região Noroeste e na Região Norte. Na Fronteira Oeste e na Campanha o tempo fica firme. Em Porto Alegre e Canoas, o tempo fica nublado, úmido e com previsão de pancadas de chuva ao longo desta terça, com máxima de 21°C. Passadas as instabilidades, uma massa de ar quente vai começar atuar sobre o território gaúcho a partir desta quarta-feira. Segundo a previsão, o dia mais quente da semana será quinta-feira, quando as máximas chegam aos 30ºC. Na sexta-feira, segundo a Climatempo, uma nova frente fria, vinda do Uruguai, começará a derrubar as temperaturas aos poucos no Rio Grande do Sul.


Compartilhe: