Número de casos de varíola dos macacos chega a 200 no Rio Grande do Sul

Compartilhe:

O número de casos de varíola dos macacos oficialmente registrados no Rio Grande do Sul chegou a 200. A informação foi divulgada pelo CEVS (Centro Estadual de Vigilância em Saúde) nesta terça-feira (27).

O número de casos suspeitos de monkeypox apresentou nova queda, em relação ao levantamento de sexta-feira passada. São 214 em análise, contra 235 quatro dias atrás. Isso significa que, apesar de novas confirmações, não houve avanço significativo de novas suspeitas.

Os casos estão distribuídos em 36 municípios gaúchos. Porto Alegre é a cidade com maior número de casos, com 111 registros da doença.

A Secretaria Estadual da Saúde confirmou a transmissão comunitária da doença no dia 18 de agosto. Em Porto Alegre, a transmissão comunitária foi estabelecida no dia 12 de agosto. Essa situação se configura quando não é possível identificar a origem da infecção.

Número de casos por cidade

  • Alvorada: 2
  • Bagé: 1
  • Cachoeirinha: 1
  • Campinas do Sul: 1
  • Campo Bom: 3
  • Canoas: 17
  • Carlos Barbosa: 1
  • Caxias do Sul: 4
  • Eldorado do Sul: 2
  • Estância Velha: 2
  • Esteio: 1
  • Farroupilha: 1
  • Garibaldi: 3
  • Gramado: 3
  • Igrejinha: 3
  • Ijuí: 1
  • Ivoti: 1
  • Lajeado: 2
  • Marau: 1
  • Monte Belo do Sul: 1
  • Morro Reuter: 1
  • Nova Petrópolis: 1
  • Novo Hamburgo: 11
  • Parobé: 1
  • Passo Fundo: 1
  • Pelotas: 1
  • Portão: 1
  • Porto Alegre: 111
  • Rio Grande: 1
  • Santa Maria: 1
  • Santo Ângelo: 1
  • São Leopoldo: 2
  • São Marcos: 1
  • Sapiranga: 2
  • Uruguaiana: 2
  • Viamão: 11

Compartilhe: