Mulher morre ao ser atropelada em pedágio da FreeWay, em Santo Antônio da Patrulha

Vítima era funcionária da empresa CCR Via Sul, concessionária da FreeWay. Motorista que causou atropelamento fugiu.

Compartilhe:
Foto: PRF / Divulgação

Uma funcionária da CCR ViaSul morreu, na manhã desta quinta-feira (29), após ser atropelada por um caminhão. A vítima, de 22 anos, foi atingida por um veículo Mercedes-Benz de Itajaí (SC), que transportava um container, no pedágio de Santo Antônio da Patrulha, localizado no quilômetro 19 da FreeWay.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o caso aconteceu em uma das cabines de cobrança do pedágio por volta das 7h da manhã. A jovem não resistiu aos ferimentos causados pelo atropelamento e morreu no local.

A CCR ViaSul afirma que o atropelamento ocorreu em uma cabine que não é automática. A concessionária da FreeWay, no entanto, não informou como ocorreu o fato.

A motorista do veículo não parou no local, sendo abordada pela PRF algumas horas depois em uma empresa de Campo Bom, no Vale do Sinos. Ela disse não ter visto o acidente e foi conduzida para a delegacia para prestar depoimento.

Análise das imagens das câmeras mostraram que a vítima foi atropelada pelo rodado traseiro direito da carreta. A PRF fez boletim com laudo pericial e encaminhará para a Polícia Civil que fará a investigação.

A cabine onde ocorreu o atropelamento está isolada para a realização de perícia. Uma equipe do IGP (Instituto-Geral de Perícias) foi deslocada até o local, onde fez o levantamento do acidente para produção de laudo a ser colocado junto ao inquérito policial.


Compartilhe: