Festa da Colheita em Venâncio Aires abre safra 2022 da erva-mate

Produtores estimam produção de 300 mil toneladas de folha verde de erva mate em 2022 após dois anos de seca.

Compartilhe:

Os produtores de erva-mate devem ter produção de cerca de 300 mil toneladas de folha verde de erva mate em 2022. A expectativa é dos produtores do produto essencial para o dia a dia do gaúcho, após dois anos de dificuldades em virtude da seca.

Para marcar a abertura oficial da safra 2022 foi realizada, na quinta-feira (22), a Festa da Colheita da Erva-Mate em Venâncio Aires. O município integra o Polo Ervateiro Região dos Vales, estando entre os cinco maiores grupos produtores de erva-mate no Rio Grande do Sul.

O evento é itinerante e foi organizado neste ano pelo Ibramate (Instituto Brasileiro da Erva-Mate) e pela Prefeitura de Venâncio Aires, com apoio da Emater-RS/Ascar, da Câmara Setorial da Erva-Mate, da Seapdr (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural).

“A Festa da Colheita da Erva-Mate é um evento oficial do estado desde 2020. A edição deste ano ocorre em um momento de recuperação da produção estadual, que sofreu com duas secas consecutivas”, afirma Tiago Antonio Fick, coordenador e assessor técnico da Câmara Setorial da Erva-Mate da Seapdr. Segundo ele, o evento, com participação do setor, autoridades e população convidada, traz visibilidade para a cadeia produtiva e marca uma importante atividade da cadeia, que é a colheita. “Assim como para todo produto agropecuário, é na propriedade onde tudo começa”, destaca.

Estiveram presentes na abertura oficial, autoridades, integrantes dos pólos e de entidades do setor ervateiro, produtores e representantes de indústrias, Escola do Chimarrão e a Unisc (Universidade de Santa Cruz do Sul) e a Univates (Universidade do Vale do Taquari). E também o evento teve a participação da Escola de Samba Academia de Samba Puro, de Porto Alegre, que para o carnaval de 2023 irá desfilar com o tema da erva-mate.

Crédito: Fernando Dias / divulgação Seapdr

Compartilhe: