Empresário é investigado por susposta agressão contra travesti em Ijuí

O fato, registrado há duas semanas, teria acontecido em um motel onde os dois se encontraram, localizado na BR-285.

Compartilhe:

A Polícia Civil de Ijuí, região Noroeste do Estado, trouxe à tona nesta sexta-feira (9) um caso de uma suposta agressão a uma travesti cometida por um empresário. O fato, registrado há duas semanas, teria acontecido em um motel onde os dois se encontraram, localizado na BR-285.

Informações relatadas pela vítima dão conta de que o homem teria mordido a genitália da travesti. Ela ficou ferida e a Brigada Militar foi acionada e, em seguida, encaminhada para perícia médica.

O empresário assinou um termo circunstanciado, procedimento administrativo que substitui o auto de prisão em flagrante. O homem não teve a identidade divulgada.

A ocorrrência foi registrada pela polícia há duas semanas, no dia 26 de agosto, mas só veio a público nesta sexta-feira. A Polícia Civil investiga o caso pela suposta prática de lesão corporal.

O crime de lesão corporal pune a conduta de alguém que ofende ou agride a integridade física ou a saúde de outra pessoa. A pena pode chegar a um ano de prisão, mas o Código Penal prevê a transformação da pena em multa.


Compartilhe: