Sul-Americana: “Nós viemos aqui com três objetivos”, diz Mano após Inter empatar com Melgar

Na partida, o Inter sofreu bastante, mas o goleiro colorado garantiu o empate.

Compartilhe:

Em Arequipa, no Peru, o Inter não teve uma boa atuação e ficou no 0 a 0 com o Melgar em jogo de ida das quartas de final da Sul-Americana, na noite desta quinta-feira (4). Daniel foi o destaque da partida.

Na partida, o Inter sofreu bastante, mas o goleiro colorado garantiu o empate. Desde o início do primeiro tempo, o Melgar pressionou muito o time do gaúcho. Em 15 minutos de jogo, o time peruano fez seis finalizações com perigo.

No segundo tempo, o Inter voltou a ter dificuldades na partida. A defesa colorada continuou trabalhando bastante. Aos 18 minutos, o Inter ficou com um jogador a menos. Alemão acertou o cotovelo no rosto de Arias e levou cartão vermelho direto.

Mesmo com um homem a menos, o time do técnico Mano Menezes deve uma chance da vitória após a entrada de Pedro Henrique e Alan Patrick.

Aos 31 minutos da segunda etapa, Edenilson roubou a bola e passou para Alan Patrick. O meia conduziu pelo meio e devolveu a Edenilson, entrando na área pelo lado esquerdo. Ele bateu chutou e Cáceda salvou.

Depois deste lance, o técnico colorado optou por segurar a partida. Em alguns momentos, quando não era o goleiro Daniel salvando, o Inter aproveitou para deixar o tempo passar.

Coletiva

Na zona mista, Daniel comentou o seu desempenho contra o time peruano. “Creio que fiz uma boa partida, mas a melhor é sempre a próxima. Então, quero estar focado, preparado, que domingo já tem um jogo importante e estou pronto”, disse.

O técnico do Inter também conversou com os jornalistas. Segundo Mano, o time colorado foi com três objetivos para o Peru.

“Nós viemos aqui com três objetivos. O primeiro deles, porque é o regulamento, voltar vivo pra casa, pra levar a decisão pra nossa casa. Segundo, levá-la em igualdade. Terceiro, se pudéssemos construir uma vitória, lutaríamos pra construir”, ressaltou.

“Passaram grandes adversários aqui, como o Racing, e todos sofreram e todos perderam. Então, tínhamos que ter essa noção clara de como fazer o jogo e acredito que a equipe fez, boa parte, bem feito”, disse.

“Temos que perder essa mania brasileira de achar que todos os outros são menos que nós. Se olharmos a trajetória do Melgar, esta aí confirmada a trajetória de uma equipe bem construída, que joga um futebol bem jogado, que tem um ótimo técnico”, acrescentou Mano.

Na coletiva, Mano foi questionado sobre a expulsão de Alemão. “Todo mundo dá bergamota pro Alemão. Hora dessas, ele fica nervoso. Vamos começar a dar um pouquinho de maracujá, pra ver se dar um equilíbrio a mais e ele acalme. São jogos difíceis, contra jogadores rodados e você aprende”, respondeu.

“Faz parte da formação do Alemão. Vai enfrentar, novamente, isso em outros momentos e vai estar melhor preparado pra isso. Tomou um cartão amarelo que não precisava tomar, porque ficou irritado com a disputa de bola. É duro jogar jogos assim”, completou.

Foto: Divulgação/Internacional

Compartilhe: