Shopping passa a integrar cercamento eletrônico de Porto Alegre

Compartilhe:

A Prefeitura de Porto Alegre anunciou, nesta segunda-feira (22), que um shopping de Porto Alegre passará a integrar o cercamento eletrônico da Capital. O objetivo é a identificação de veículos em situação de furto ou roubo.

A parceria, até então inédita, será com o Shopping Total, localizado no bairro Independência, na zona norte de Porto Alegre. A expectativa é que outros estabelecimentos privados com a mesma operação e sistema de segurança possam estar ao lado da administração municipal para ampliar o cercamento eletrônico.

A parceria, coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança, foi firmada pelo prefeito Sebastião Melo e o superintendente do Shopping Total, Eduardo Oltramari, em cerimônia realizada a partir das 9h, no palco de eventos do shopping.

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre, no primeiro semestre, 479 alertas foram disparados pelo sistema, resultando na recuperação de 133 carros.

Crédito: Alex Rocha / PMPA

Como funciona o cercamento eletrônico

O sistema de cercamento eletrônico permite que câmeras de videomonitoramento identifiquem as placas dos veículos. Além disso, é possível até rastrear veículos e suas rotas de fuga, contribuindo para o planejamento das ações de segurança.

A rede de monitoramento existe em Porto Alegre desde 2018, quando foi implantada pela gestão de Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Os primeiros modelos a contar com a funcionalidade foram os pardais. Depois, o sistema foi integrado às câmeras de monitoramento da EPTC.

O monitoramento é acompanhado em tempo real pelo CEIC/POA (Centro Integrado de Comando de Porto Alegre) e pelo DCCI (Departamento de Comando e Controle Integrado) da SSP-RS (Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul).


Compartilhe: