Polícia investiga desaparecimento de servidor da Prefeitura de Farroupilha

O servidor desapareceu na terça-feira após conversar com a esposa em Farroupilha.

Compartilhe:

A Polícia Civil investigou o desaparecimento do servidor da Prefeitura de Farroupilha, Cristian Tonin, 38 anos. Ele trabalha no gabinete da prefeitura do município como assessor superior de assuntos estratégicos. Ele foi preso em Florianópolis, por suspeita de tentar forjar o próprio sequestro e tentar extorquir a esposa.

O registro do desaparecimento foi feito na noite de terça-feira (30) pela esposa de Tonin. Segundo ela, a última conversa entre os dois foi pelo celular próximo das 15h desta terça, quando ele teria dito que estava ficando sem bateria no aparelho e que realizaria uma caminhada no Parque dos Pinheiros, em Farroupilha.

A família e amigos foram até o Parque dos Pinheiros em busca de Tonin, mas não o encontraram. A Polícia Civil recebeu nas últimas horas algumas informações que estão sendo averiguadas para tentar buscar o paradeiro de Tonin.


Compartilhe: