Professor é preso preventivamente em Alvorada

Conforme a polícia, o professor teria praticado atos libidinosos contras alunas em Alvorada.

Compartilhe:

A Polícia Civil prendeu preventivamente um professor de 40 anos por suspeita de importunação sexual, em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, ele dá aulas em uma escola estadual de Alvorada quando importunou, ao menos, quatro de suas alunas, entre 13 e 14 anos.

Conforme a polícia, o professor teria praticado atos libidinosos contras alunas. As alunas contaram à polícia que ele forçava beijos, carícias e abraços.

A Polícia Civil, que tem dez dias para encerrar o inquérito, aguarda laudos da avaliação psíquica do professor e deve ouvir testemunhas nos próximos dias.

 


Compartilhe: