Porto Alegre confirma transmissão comunitária da varíola dos macacos

O Rio Grande do Sul já contabiliza 34 casos confirmados de varíola do macaco, enquanto 133 estão em investigação.

Compartilhe:

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre comunicou, nesta sexta-feira (12), a transmissão comunitária da varíola dos macacos na Capital.

Segundo a Secretaria, a comprovação ocorreu após resultado positivo de exames feitos no Lacen-RS (Laboratório Central do Rio Grande do Sul) em cinco pacientes sem histórico de viagens. Porto Alegre tem atualmente 10 casos confirmados da doença.

A transmissão é considerada comunitária quando não é possível rastrear a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre as pessoas, independentemente de terem ou não viajado para locais com comprovação de transmissão.

Segundo o novo boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde). divulgado nesta sexta, o Rio Grande do Sul já contabiliza 34 casos confirmados de varíola do macaco, enquanto 133 estão em investigação.


Compartilhe: