Ouça no Meio-Dia: o aumento nos casos de varíola dos macacos e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quarta-feira, 17 de agosto de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira uma operação nos Estados de São Paulo e no Rio Grande do Sul para obter provas de ações fraudulentas que podem ter sonegado mais de R$ 15 milhões em tributos federais e R$ 22 milhões aos cofres do estado de SP. A ação é da Receita Federal, do Ministério Público dos Estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, das Secretarias da Fazenda dos dois estados e da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. No Rio Grande do Sul, o alvo é a cidade de Mostardas, no Litoral Norte. Ao todo, nos dois estados, são cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e escritórios dos investigados. A ação foi denominada Operação Resina Fria, porque, no transcorrer das investigações, a Receita Federal apurou a existência de supostas empresas de fachada, localizadas na região de Itapeva-SP, responsáveis pela emissão de notas fiscais frias com mercadorias descritas como “goma de resina” para a geração de créditos fictícios de tributos. Há indícios de que o esquema envolveria a emissão de notas fiscais fraudulentas trocadas entre estabelecimentos dos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul. Além disso, produtores rurais teriam realizado a venda de resina de pinus sem a emissão do correspondente documento fiscal e, consequentemente, sem o recolhimento do Imposto de Renda e do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural, o Funrural.

O ginecologista réu em dois processos por violação sexual contra 34 pacientes é considerado foragido da justiça. A Justiça de Ijuí, Região Noroeste do Estado, havia decretado a prisão preventiva após novas denúncias contra o réu. Conforme o Juiz de Direito Eduardo Giovelli, da 2ª Vara Criminal da Comarca, a decretação da prisão se justifica diante da materialidade dos fatos, dos indícios de autoria, da prova testemunhal até o momento carreada e da possibilidade do réu vir a intimidar testemunhas. O réu responde por violação sexual mediante fraude praticada no exercício da profissão de médico. Já existia um primeiro processo por fatos ocorridos, em tese, entre os anos de 2011 e 2021, e que teria 12 mulheres como vítimas. Agora, estão descritas denúncias referentes a 2022, tendo outras 22 mulheres como vítimas.

Serviços do Dmae deixam bairros de Porto Alegre sem abastecimento de água nesta quarta-feira. Os bairros atingidos são Independência, Centro Histórico, Floresta e Bom Fim. Os trabalhos são referentes às obras de substituição de redes do Dmae no Quadrilátero Central. A previsão de normalização é ainda durante a noite desta quarta. Segundo a prefeitura, a programação pode ser alterada por motivos técnicos ou climáticos.

O Rio Grande do Sul chegou a 47 casos confirmados de varíola dos macacos, a monkeypox. Outros 202 casos suspeitos estão sob investigação. A última atualização foi feita na terça-feira pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde. Os casos estão distribuídos em 18 municípios do Estado. O maior número de registros ocorre em Porto Alegre, com 15 casos. No último dia 12 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde da Capital já havia comunicado a transmissão comunitária da doença na cidade. A transmissão é considerada comunitária quando não é possível rastrear a origem da infecção. A monkeypox se manifesta através de erupções cutâneas presentes em alguma parte do corpo. O contágio se dá pelo contato direto com estas lesões ou objetos contaminados, assim como por gotículas respiratórias.

Uma frente fria avança e podem ocorrer novos temporais nesta quarta-feira no Rio Grande do Sul. Após um amanhecer frio, mas de tempo firme, aos poucos a nebulosidade avança sobre o território gaúcho. A frente fria provoca chuva em quase todo o Rio Grande do Sul ao longo desta quarta. Existe o risco de temporal na Fronteira Oeste, na Serra e na Região Norte do Estado. Também existe a possibilidade de rajadas de vento de 40km/h a 60km/h no Estado nesta quarta. Ainda nesta semana, a previsão do tempo aponta a possibilidade de neve no Rio Grande do Sul. Isso em função de uma intensa massa de ar polar que vai derrubar as temperaturas no Estado. As cidades com maior probabilidade de neve na noite de quinta e na madrugada de sexta-feira são Vacaria e São José dos Ausentes. Além disso, com o avanço da massa polar, existe o risco de geada em vários pontos do Rio Grande do Sul na sexta e no sábado.


Compartilhe: