Ouça no Meio-Dia: a morte do humorista Jô Soares e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta sexta-feira, 5 de agosto de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 84 anos, o humorista Jô Soares. Ele estava internado desde o fim de julho no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A causa da morte ainda não foi divulgada. O anúncio do falecimento foi feito nas redes sociais pela ex-mulher de Jô, Flávia Pedras. Ela falou sobre a perda. Ela disse que “aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país onde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”. Ela também disse que Jô veio a óbito cercado de amor e cuidados e que o funeral será apenas para família e amigos próximos. Além de humorista e apresentador de televisão, Jô Soares foi escritor, diretor, dramaturgo e ator. Na televisão, trabalhou na TV Record, TV Globo e SBT.

Foi desencadeada nesta sexta-feira uma operação para combater o tráfico de drogas e a associação para o tráfico de drogas em um condomínio residencial do Programa Minha Casa, Minha Vida em Santo Antônio da Patrulha. A ação é realizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul e pela Brigada Militar de Osório. Ao todo, dos 17 mandados de prisão, 11 são cumpridos em Santo Antônio da Patrulha, um em Canoas e cinco em penitenciárias de Charqueadas e Osório. Já os 40 mandados de busca e apreensão são cumpridos em Santo Antônio da Patrulha, Canoas, Nova Santa Rita, Charqueadas e Osório. O MP pediu também o bloqueio judicial de 10 apartamentos no condomínio. Segundo o MP, além de armazenar drogas em apartamentos próprios e alugados, um grupo também obrigava moradores, mediante ameaça, a guardarem os entorpecentes. Há casos de pessoas que tiveram de abandonar seus apartamentos. Os autores da operação afirmam que era de conhecimento público na cidade que uma facção criminosa instalou-se no residencial composto por unidades do Programa do Governo Federal. Segundo eles, a ação atende também uma reclamação dos moradores do local que se sentiam reféns em suas próprias casas.

Um homem de 39 anos foi morto a tiros quando saía do trabalho, nesta quinta-feira, em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do estado. Ele era detento e fazia programa de ressocialização na Secretaria Municipal de Obras. A vítima não teve sua identidade divulgada. A investigação da Polícia Civil pretende apurar a identidade dos suspeitos de cometer o crime através de câmeras de segurança. A polícia também quer entender a motivação do crime. Foi instaurado um inquérito policial por homicídio doloso.

Um empresário foi condenado a quatro anos de prisão em regime aberto por ter matado um homem que sequestrou sua filha. O caso ocorreu há dez anos, dentro da delegacia, em Passo Fundo, na Região Norte do Estado. Paulo Rogério Gonçalves Ribeiro foi condenado por homicídio simples. O nome do homem morto é Vinícius Fabiani, que na época tinha 33 anos e era detento do regime semiaberto. No dia do sequestro, Vinícius assaltou e sequestrou a filha do empresário quando ela deixava o filho na escola. Ele a obrigou a dirigir o carro, mas os dois entraram em confronto e o carro capotou. Vinicius chegou a fugir a pé, mas foi preso e conduzido à delegacia, onde já se encontrava Paulo Rogério, que invadiu a sala da triagem e atingiu Vinicius no peito com um canivete. Vinicius morreu no hospital. Paulo Rogério chegou a ser preso na época, mas foi solto pela Justiça.

O tempo firme volta a predominar no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. Uma massa de ar seco e frio avança pelo Estado. O dia já começou com frio nesta sexta-feira em território gaúcho. Segundo a previsão, ao longo do dia, o tempo fica nublado na maior parte do Rio Grande do Sul. A manhã teve pancadas de chuva na Região Sul, na Região Metropolitana, na Serra, na Região Norte e no Litoral. Isso devido à atuação de um ciclone extratropical na costa gaúcha. Mas a partir da tarde o tempo deve ficar firme em todo o Estado. Em Porto Alegre e Alvorada, o tempo fica nublado, com máxima de 16°C. Em Bagé, o frio ganha força e o tempo fica firme, com máxima de 15°C. Já em São Borja, a massa de ar seco e frio predomina, com máxima de 16°C.


Compartilhe: