Ouça no Meio-Dia: a cratera em avenida de Porto Alegre e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quarta-feira, 3 de agosto de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

O rompimento de uma tubulação instalada a 2,5 metros de profundidade gerou uma cratera de grandes proporções na avenida Loureiro da Silva, nas proximidades da Orla do Guaíba, em Porto Alegre. O Dmae realiza desde o início da manhã desta quarta-feira o conserto emergencial da rede pluvial de 600 milímetros de diâmetro. O Dmae afirmou que foi realizada vistoria na área na última segunda-feira e que a manutenção da canalização de drenagem estava sendo programada. Porém, em virtude da chuva, o asfalto cedeu e gerou a cratera. Em razão do bloqueio na avenida Loureiro da Silva entre a Câmara de Vereadores e a rótula da Edvaldo Pereira Paiva com a avenida João Goulart, a EPTC orienta o desvio no trânsito. Para minimizar os impactos no tráfego de veículos, os motoristas devem seguir, na sequência, pela rua Gen. Vasco Alves, rua dos Andradas, rua Gen. Canabarro e, por fim, pela Siqueira Campos.

O corpo de um homem foi localizado pela Brigada Militar, na noite desta terça-feira, em uma estrada na Praia de Quintão, em Palmares do Sul, no Litoral Norte. O homem foi identificado como Fábio da Silva Monteiro, de 18 anos. Ele era natural da cidade de Porto Franco, no Maranhão. Os policiais foram acionados após tiros serem percebidos na Estrada Granja Vargas, nas proximidades do farol de Quintão. Segundo a BM, a vítima foi encontrada decapitada e com sinal de que havia sido atingida por pelo menos um tiro. Nesta quarta-feira foi localizado um homem que estaria com a vítima em uma moto momentos antes dos tiros e do homicídio. Ele conseguiu fugir do local sem ser atingido pelos disparos. Ele será ouvido pela Polícia. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar o caso. Além disso, a polícia do Maranhão deve ser acionada para que se saiba mais informações sobre a vítima.

Em São Leopoldo, no Vale do Sinos, um corpo foi encontrado carbonizado, na noite desta terça-feira, no Parque do Trabalhador, no bairro Vicentina. De acordo com a Polícia Civil, o corpo é de um homem. A vítima ainda não foi identificada. Os agentes encontraram uma tatuagem em um dos braços da vítima. Segundo a polícia, o corpo foi encontrado dentro de um banheiro abandonado. No local, antigamente havia um restaurante. A perícia foi acionada para atender o caso.

O Ministério da Defesa solicitou acesso ao código-fonte do sistema de votação brasileiro, em uma investida cujo objetivo é fiscalizar as eleições. A informação foi veiculada pelo jornal O Estado de São Paulo. Estes códigos sigilosos estão disponíveis para as entidades fiscalizadoras desde 2021 na sede do Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, em Brasília. O pedido foi atendido e a inspeção por parte dos militares vai começar nesta quarta-feira. Estes códigos sigilosos fazem funcionar as urnas eletrônicas e a contagem de votos registrados nelas pelos eleitores, além da totalização nos computadores da Justiça Eleitoral. Geralmente, a liberação dos códigos ocorre seis meses antes do pleito, porém, com o intuito de ampliar a transparência, a Justiça Eleitoral autorizou o acesso antecipado dez meses atrás. Os militares dizem que as Forças Armadas ainda não haviam acessado os códigos porque estavam voltados para as atividades da Comissão de Transparência Eleitoral e para a elaboração de propostas, no primeiro semestre do ano. Eles também afirmam que somente foram legitimados como fiscalizadores em dezembro do ano passado. Por sua vez, o TSE diz que garantiu “às entidades fiscalizadoras prazo estendido para inspecionarem os códigos-fonte dos programas de computador que são embarcados na urna eletrônica e que compõem o sistema eletrônico de votação”. Segundo o TSE, já realizaram a inspeção nos sistemas a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o Ministério Público Federal, a Controladoria-Geral da União, e o Senado Federal. Agora será a vez da Polícia Federal realizar o procedimento entre 22 e 26 de agosto. Neste semana, o PTB está fazendo a inspeção. O PTB é o primeiro partido a examinar os códigos. Agendados para o ano passado, PV e PL não fizeram a inspeção.

A previsão aponta tempo instável em grande parte do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Áreas de instabilidade deixam o tempo nublado em grande parte do território gaúcho. Na Região Sul, na Região Central e na Região Metropolitana o tempo fica bastante úmido. Ao longo do dia, existe a previsão de chuva na Região Sul, na Fronteira Oeste e na Região Central. Além de chuva, nessas regiões existe o risco de temporal e queda de granizo. Nas outras regiões, a chuva chega a partir da noite desta quarta. Na Região Noroeste e Região Norte o tempo fica firme e o calor é o destaque. Em Porto Alegre, o tempo fica firme e úmido ao longo do dia, com previsão de chuva à noite e máxima de 20°C.


Compartilhe: