Aumenta em 3 vezes o número de motoristas autuados por embriaguez ao volante em 2022

Número de motoristas autuados por embriaguez mais do que triplicou nos sete primeiros meses de 2022 em comparação com o mesmo período de 2021.

Compartilhe:

Com o fim das restrições da pandemia, a volta do movimento à normalidade e dos grandes eventos, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) intensificou seus esforços para a redução de acidentes nas rodovias.

Segundo a PRF, no Rio Grande do Sul, o número de motoristas autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste com o bafômetro mais do que triplicou nos sete primeiros meses de 2022 em comparação com o mesmo período de 2021.

“Por meio de operações focadas no combate à embriaguez ao volante ou em fiscalizações gerais de rotina, a PRF faz a sua parte no combate a essa infração tão perigosa”, ressaltou o órgão.

Quem for flagrado dirigindo sob efeito de álcool recebe multa de R$2.934,70, suspensão da carteira de habilitação por 1 ano e será preso em flagrante se o resultado do bafômetro for superior a 0,33mg/l.

Já quem se recusar a realizar o teste também recebe multa de R$2.934,70 e suspensão da carteira de habilitação por 1 ano, e será preso se o agente constatar aparentes sinais de embriaguez.

Números no RS(janeiro a julho):

– 2019
93.349 testes
2.177 autuações
238 prisões

– 2020
55.527 testes
2.0131 autuações
174 prisões

– 2021:
4.261 testes
1.202 autuações
144 prisões

– 2022:
115.424 testes
3.924 autuações
261 prisões

Os dados foram divulgados pela assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul.


Compartilhe: