Morre segunda vítima de ataque a tiros em Alvorada na segunda-feira

Alvo do ataque a tiros era um MC que saía de uma casa noturna. Ao todo, seis pessoas foram baleadas no tiroteio.

Compartilhe:

A Polícia Civil confirmou, nesta quarta-feira (31), a morte de uma segunda pessoa baleada no tiroteio em frente a uma casa noturna de Alvorada, na região metropolitana. O crime ocorreu por volta das 5h20 da manhã de segunda-feira (29), na avenida Getúlio Vargas, no bairro Bela Vista.

A vítima é o homem que foi socorrido em estado grave após ser atingido por disparos de arma de fogo. Wesley Patrick Silva Moraes, 21 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, após passar quase dois dias internado no HPS (Hospital de Pronto-Socorro) de Porto Alegre.

No ataque a tiros, seis pessoas foram baleadas. Brian Anderson Servian Ibanez, 23 anos, estava perto da casa noturna para fazer um lanche com dois amigos. Ele não resistiu aos ferimentos causados pelos disparos e morreu na hora. Wesley e Brian não eram alvos do atirador.

Segundo a Polícia Civil, um homem que havia pedido para tirar foto com o MC Meno K. Depois, ele e um comparsa abriram fogo. O alvo era o carro de aplicativo que o cantor estava embarcando acompanhado de outras pessoas. A informação inicial era que ele tinha se apresentado na casa noturna. No entanto, as investigações apontam que ele estava no local apenas como cliente.

O MC passou por cirurgia após ser atingido e é o único que segue internado. Os produtores do funkeiro não informaram quais ferimentos ele sofreu durante o ataque a tiros.

A polícia ainda apura qual a motivação para o ataque. A hipótese investigada é uma retaliação de uma facção criminosa por causa de uma música que seria uma “homenagem” a outra quadrilha.


Compartilhe: